[ editar artigo]

Trabalho em equipe e alguns fatos de SuperStore

Trabalho em equipe e alguns fatos de SuperStore

Você se considera bom nas suas habilidades interpessoais? Sabe ouvir a opinião dos outros em relação às suas entregas? Consegue delegar tarefas? Acha que consegue lidar bem com trabalho em equipe? Se a sua resposta for não para alguma dessas perguntas eu recomendo bastante que você: 1- repense suas atitudes e 2- continue a ler esse texto.

Em um mundo onde a velocidade é lei entre as relações, a autonomia é uma soft skill essencial. Contudo, apesar da supervalorização desta qualidade, ela não é capaz de ser a única arma de qualquer colaborador que se propõe a trabalhar em uma empresa. Esta afirmação vale desde o CEO até o estag, afinal, não importa o quão autônomo o indivíduo possa ser, se ele decide ser colaborador de uma organização, deverá ser craque no trabalho em equipe.

Quando o conceito deste tipo de trabalho é mencionado, muitas vezes quem escuta remete a cenas da infância, nas quais a professora dividia a turma em grupos e o maior desafio era chegar ao fim da aula sem iniciar a terceira guerra mundial com os colegas. Contudo, (acredite se quiser) no cenário profissional o trabalho em equipe vai muito além do que é visto em sala de aula.

 

Por que o buraco é mais embaixo?

Bom, long story short, no ambiente profissional uma equipe mal organizada irá gerar prejuízos palpáveis para a empresa. Ou seja, isso significa que as entregas vão possuir mais peso do que em sala e que a necessidade de manter-se alinhado com o time se fará, mais do que nunca, essencial. Neste sentido, é preciso que todas as partes integrantes do grupo saibam exatamente suas funções e possuam comprometimento diante de cada uma delas. 

Uma questão importante a ser mencionada é que a capacidade de trabalhar em equipe é vista pelos empregadores como uma soft skill, ou seja, uma daquelas habilidades comportamentais, que vão além de cursinhos e materiais de estudo. Por isso, vale a pena começar a investir na sua desde agora, para que, ao conseguir a sua tão sonhada vaga no mercado, a transição não seja complicada. Afinal, trabalhos em equipe mal executados vão gerar complicações que podem afetar resultados vitais do time.

Um exemplo disso pode ser visto na série SuperStore, uma sitcom americana da NBC que retrata a rotina de uma grande loja de departamentos no Missouri. Nela, há um episódio no qual uma das vendedoras decide trabalhar no caixa e, por desatenção, recebe notas falsas como pagamento por uma compra de alto valor. Como resultado, a loja acaba perdendo uma oportunidade de se transformar em "Quádruplo A", titulação que permitiria que o local fosse visto como um empreendimento de altos volumes e, por conseguinte, aumentasse seus lucros.

 

Como evitar que a equipe se enrole?

  Chega a ser clichê, mas a resposta para isso é a pura e simples comunicação. Apesar disso, ainda há grupos que se enrolam bastante nesse sentido. Uma dica boa é o uso de um aplicativo oficial onde todas as conversas do time possam permanecer registradas, como por exemplo o Slack. Cheguei até a falar um pouco mais dele nesse texto aqui

Outra saída para que haja melhora na comunicação que, por muitas vezes é desvalorizada, é a realização de momentos de integração com o time. Isso se dá pois torna-se mais fácil comunicar-se com pares de uma equipe que se conhecem e entendem os pontos fortes e fracos um do outro, facilitando a criação de estratégias de delegação de tarefas entre o grupo.

É preciso lembrar sempre que equipes são formadas por pessoas distintas, que vieram de contextos diferentes e que se desenvolveram em cenários muito variados. Por isso, conhecer bem quem são os indivíduos que trabalham ao seu lado vai permitir que você possa também aprender com eles e investir em skills que serão diferenciais na sua carreira.

Em SuperStore, é bastante interessante perceber como cada pessoa já se habituou a trabalhar com um setor da loja em específico e, por isso, consegue manter o ecossistema funcionando sem apresentar riscos. E o melhor de tudo? Quando alguém precisa aprender uma nova habilidade, a maioria dos personagens se mostra disposta a ajudar (claro, com aquela pitada de humor e sarcasmo típica de sitcoms de sucesso 😎).

Dita a importância do trabalho em equipe e do seu principal pilar, a comunicação, vou listar algumas dicas super relevantes para você lembrar quando esbarrar com o seu próximo time profissional. Let's?

 

Insights que garantirão boas relações

1- Seja prestativo

Cooperação é chave para que exista confiança entre os membros de uma equipe, o que facilitará o desenvolvimento de todos. Quando você age de maneira prestativa, vai passar ao seu time a sensação de que tem conseguido escutar as questões expostas por ele e que está disposto a gerencia-las, a fim de evitar futuras tretas na equipe.

2- Saiba lidar com feedbacks

Isso vai ser essencial para trabalhar em grupo. Quando um trabalho precisa ser realizado com o auxílio de múltiplos colaboradores, uma parte passa a depender diretamente da outra, portanto, você precisa estar aberto a críticas e insights vindos dos demais participantes do time em relação a suas entregas. É importante nesta parte saber diferenciar o âmbito pessoal do profissional: nenhum feedback tem por objetivo ferir quem escuta, mas sim auxiliar no crescimento e desenvolvimento dos projetos produzidos por esta pessoa.

3- Entenda o objetivo do projeto

É importante garantir que não haja ruídos quanto ao objetivo principal do projeto desenvolvido pela equipe. Por isso, toda vez que o time precisar começar a trabalhar em um novo material, este deverá se juntar em reuniões e conversas informais até que todos os envolvidos estejam na mesma página sobre o tema. Nessas horas, não hesite em demonstrar suas opiniões e em escutar a dos demais.

4- Evite ser centralizador

Se você deseja resultados, vai aprender que a divisão de tasks é o método mais eficiente para isso. Não aja como se você fosse a última bolacha do pacote e o único cérebro pensante da equipe, delegue tarefas e confie que seus colegas irão realizar produções com qualidade o suficiente para alavancar qualquer projeto. Às vezes é difícil abrir mão do controle, eu sei. Mas te falar? Vale MUITO à pena. Quem aprende a dividir tarefas dentro de um squad não quer guerra com ninguém. 

5- Busque referências

Ninguém vai te ensinar mais sobre trabalho em equipe do que as pessoas que, há anos, possuem a carreira voltada para isso. Portanto, uma dica importante é a busca de mentorias em momentos como esse. Inclusive, você sabia que o programa de aceleração de carreira dos Jovens Titãs tem pilares que se propõem exatamente a isso?

O bizu de ouro é que se você se cadastrar lá, além de aulas e materiais específicos, vai também receber acesso a um esquema absurdo de mentorias. Imperdível e incomparável, eu juro. E se ficou curioso, basta clicar aqui no link! Por menos de um real por dia, o seu lado profissional vai decolar. 🚀 

 

Comunidade do Estágio
Ler conteúdo completo
Indicados para você