Atividades
  • Notificações
  • Tags
  • Favoritos
Nenhuma notificação

O Manual Para Quem Ainda Não é Estagiário

O Manual Para Quem Ainda Não é Estagiário
Fernando V. Alberigues Da Silva
ago. 5 - 6 min de leitura
5 Curtidas
2 Comentários
0

A publicação anterior foi sobre o manual do estagiário, porém cadê o manual para quem ainda não é estagiário? É sobre isso que vamos falar nesta publicação.

 

O caminho de um profissional não começa quando a carteira dele é assinada, mas quando ele se prepara para ser o escolhido à vaga.  

 

O “manual do estagiário”, escrito por Eugênio Mohallem, também dá dicas para quem deseja conseguir uma vaga de estágio. 

 

Então, se você ainda não está estagiando e sonha com uma vaga, este texto é para você. 

 

Vamos às dicas?

 

Ainda não é estagiário? Tenha um portfólio 

Você pode estar se perguntando: ainda não sou estagiário, então por que é importante ter um portfólio? É simples, você precisa ser notado. 

 

Conseguir uma vaga de estágio, em certas áreas, tem quase o mesmo nível de dificuldade de ganhar na Mega-Sena. Então saber como chamar a atenção é fundamental.

 

Aqui não vai a dica de pôr uma melancia na cabeça para ser notado, mas fazer um trabalho que valha a pena ser observado.  

 

Para isso, na área de criação, não envie currículo. Tenha um portfólio. 

 

Um currículo criativo não vai mostrar que você sabe fazer algo, contudo um portfólio pode chegar perto. 

 

Como assim? Isso mesmo que você leu. Você não será contratado por dizer que sabe fazer algo, porém precisará provar que sabe. 

 

Primeira dica: invista em um portfólio. 


 

A primeira impressão é a que fica

Você pode até ser bom, mesmo ainda não tendo experiência. Porém, se não mostrar isso no primeiro contato, talvez não tenha uma segunda chance. 

 

Tenha cuidado de como você vai apresentar o seu trabalho, isso é extremamente importante.  

 

A vida é muito dinâmica. Até o áudio no WhatsApp pode ser acelerado. Isso indica que ninguém quer perder tempo. Ainda mais na hora de escolher um estagiário.

 

O seu primeiro anúncio, ou peça, precisa despertar o sentimento de que “tem coisa boa aqui”. Não desperdice a primeira impressão.

 

Lembra do “manual de estagiário: os mandamentos”? Você será contratado para resolver problemas.   

 

Cuidado com a ordem

O dito da Matemática “a ordem dos fatores altera o resultado”, pode ser aplicado aqui. Você está “vendendo” o seu trabalho, então saiba como apresentá-lo.

 

A dica é: organize o que produziu numa ordem crescente. Do pior para o melhor. Depois, pegue o melhor e ponha à frente de todos. Está pronto. 

 

Você vai despertar o interesse e conduzir quem estiver olhando o seu material em uma ordem de crescimento. 

 

Uma regra: evite mostrar trabalhos polêmicos. Lembra da primeira impressão? Pois é.  

 

Mais 6 Dicas de como montar um portfólio:

  • Crie 5 peças boas, no mínimo. Pode ser um número maior, desde que sejam boas;

  • Coloque as peças que você participou de forma ativa. Caso tenha participado de alguma criação real, este é o momento;

  • Não minta. Isso é básico. Se não fez, por que vai dizer que fez? Você não vai querer se queimar, certo?

  • Crie peças para produtos reais.  

  • Não se garanta em prêmios que já recebeu. Se a organização for boa, saberão avaliar um bom trabalho.

  • Evite fazer plágio. Isso mesmo, evite plagiar. Além de indicar falta de criatividade, é crime.

 

Para se aprofundar um pouco mais sobre como montar um portfólio, temos um material aqui na comunidade que pode te ajudar. 

 

Dito isso, dê importância a esta etapa. Mesmo ainda não sendo um estagiário.

Como escolher uma agência para chamar de lar

Por mais que esteja atrás de uma oportunidade, você não é uma folha em branco que parte do nada. 

 

Você tem uma trajetória, valores, metas e objetivo de vida.

É preciso levar isso em consideração na hora de escolher uma organização para desempenhar o seu trabalho. 

 

Aqui vai mais uma dica: uma organização, na sua grande maioria, tem a cara do dono. Sendo assim, os valores são regidos por ele. 

 

Usando um exemplo corriqueiro: um time joga segundo o que foi treinado para fazer. 

Isso não é uma regra, contudo, vale ser observada.  

 

2 dicas: 

  • Agências contratam pessoas

Por mais que pareça óbvio, as agências contratam pessoas. Um portfólio incrível pode ser ofuscado por uma pessoa ruim. Então saiba como se portar na entrevista. Você está sendo observado;

  • Evite ficar explicando o seu portfólio 

Você selecionou os seus melhores trabalhos, lembra? Se forem bons mesmos, não precisará de explicação. A não ser que peçam.

 

Faça uma boa escolha, você não é um panfleto entregue ao acaso. Fazendo isso, evitará perder tempo e dores de cabeça. 

Faça conexões, use o LinkedIn

O LinkedIn é uma rede de relacionamentos profissionais. Se você está em busca de uma oportunidade. Ter um perfil nesta rede é muito importante. 

 

Profissionais ao redor do mundo usam o LinkedIn para:

  • se conectarem a outros profissionais e criar relacionamentos;

  • se manterem atualizados sobre diversos mercados de atuação;

  • encontrar oportunidades de trabalho ou negócios. 

 

Espalhe a sua mensagem no LinkedIn. Às vezes você não vai ser selecionado para a entrevista, então como provar que você é a pessoa ideal para o cargo?

 

Nesta rede de conexões profissionais, você tem a oportunidade de falar sobre seus conhecimentos, experiências e vivências. 

 

Então não perca mais tempo. Mostre suas habilidades e competências para o cargo que deseja.  

 

E por fim

Dito tudo isso, ressalto que ainda não esgotamos este assunto. O Estágio é só a ponta do iceberg. 

 

Se dedique ao processo. O que você faz enquanto ainda não é um estagiário define como será a sua chegada e que tipo de profissional deseja ser. 

 

Se esta publicação te ajudou, compartilhe para que ajude mais pessoas. 


Denunciar publicação
5 Curtidas
2 Comentários
0
0 respostas

Indicados para você