Atividades
  • Notificações
  • Tags
  • Favoritos
Nenhuma notificação

A Mentira Estatística (parte 1)

A Mentira Estatística (parte 1)
Matheus Dias
ago. 11 - 2 min de leitura
3 Curtidas
3 Comentários
0

"Existem três tipos de mentiras: as mentiras, as mentiras deslavadas e a estatística." Benjamin Disraeli


Certa vez o jornal Extra publicou a seguinte chamada: 
"Atualmente um ex-aluno de UERJ da turma de 1983 ganha, em média, 10.000 reais por mês".*

Na maioria das pessoas, ao ler essa chamada, o primeiro pensamento é:

"É, estudar na UERJ da bastante dinheiro"

Mas será que essa premissa é verdadeira? Analisemos.

Temos duas coisas que chamam atenção nesse número. É bastante preciso e bastante positivo. Agora vamos para o mundo real. Pergunta rápida, você sabe a média de idade dos alunos de sua turma? Se você fizer uma pesquisa hoje, sobre a renda familiar da sua rua, as respostas serão coerentes? Todos irão responder? Será que as respostas serão verdadeiras? Enfim, é extremamente improvável que uma média seja calculada de forma tão precisa.

Outro ponto, que está escrito na chamada, mas os números chamam mais atenção, essa média é para as turmas da UERJ de 1983, será que a média está a mesma depois de 37 anos? Todos os alunos foram encontrados? O que aconteceu com os alunos que não foram encontrados?

Em pesquisas de amostragens, como essa, temos uma luta contra as tendências. Uma estratégia que é usada amplamente para difundir uma informação com ar de intelectualidade é o como manipular essa tendência. Repare que na chamada a intenção real é passar a seguinte mensagem:

"Estude na UERJ e você ganhará bastante dinheiro"

Para validar essa premissa temos uma estatística, que quando analisada a fundo vemos que é bastante específica, para um grupo bastante específico. 

Chamamos isso de Tendenciosidade Embutida.

Agora que você já conhece esse golpe não caia mais nele, sempre questione de onde saíram os números e qual metodologia utilizaram para chegar em determinado resultado. E, mais importante, não induza outras pessoas a caírem nessa artimanha.


Texto feito com base no livro "Como mentir com eestatística" de Darrell Huff.
*Texto fictício, criei para não utilizar nenhuma noticia atual que poderia contar outros estratagemas que pretendo comentar em próximas postanges.
 

 

 


Denunciar publicação
3 Curtidas
3 Comentários
0
0 respostas

Indicados para você