Atividades
  • Notificações
  • Tags
  • Favoritos
Nenhuma notificação

Um brinde à Virginia Wolf: uma escritora à frente do seu tempo.

Um brinde à Virginia Wolf: uma escritora à frente do seu tempo.
Luma Macedo Buchbinder
set. 5 - 4 min de leitura
0 Curtidas
0 Comentários
0

Esta é para nós, AUtodidatas. Aquelas que estão procurando por um lugar ao Sol e na Lua, aquelas que podem mudar este mundo. É verdade que somos inteligentes e fortes o suficiente para caminharmos em nossas respectivas jornadas, por mais desafios que tenhamos que enfrentar dia após dia; as desigualdades e obstáculos que regem essa - ainda - sociedade tão machista e desigual para as minorias. Nós sabemos o quão desgastante pode ser enfrentarmos todos essas batalhas e ainda manter algum tipo de fé, de esperança no amanhã e nas oportunidades, e acredite quando falo, este é um sentimento comum entre nós - todxs nós.

Quinn fabray GIF - Find on GIFERDentre todos estes problemas sociais que persistem em nossas trajetórias, é bom ter em mente que tivemos grandes percursoras neste caminho, sempre com suas particularidades e maneiras de causar seu legado no mundo. Por favor, temas ela, a Mulher-Maravilha! Uma verdadeira super-heroína para nossas jovens meninas se espelharem, e muito! Perceber que, cada vez mais, nos deparamos com figuras femininas tão importantes para representatividade aquecem nossos corações, no entanto, há inúmeras mulheres igualmente importantes que moldaram o mesmo caminho fora das telas, então, exatamente por isso, cá está uma: Virginia Wolf.  

Imagens Que Se Mexem Bela WhatsappVirginia Wolf, autora britânica, conquistou o posto de uma das escritoras mais importantes do século 20. Suas obras, cuja técnica narrativa impressionou tão deliberadamente, foram consideradas contribuições muitíssimo importantes para o gênero que estreava: o romance moderno. Uma verdadeira mulher com pensamento à frente do seu tempo, Virginia enfrentou diversos obstáculos em sua vida pessoal, obstáculos estes terríveis para qualquer ser-humano enfrentar. Entre abusos sexuais por parte de dois dos seus irmãos, e sintomas de depressão constantes, sua vida particular possuía tumultuadas quedas emocionais e perdas de parentes próximos. Com doenças frequentes e mudanças de humor, há muitos estudiosos hoje que diriam que, a escritora, conhecida por ser uma pioneira do feminismo, sofria de transtorno bipolar.

orgulho e preconceito gif #orgulhoepreconceito #gifdeorgulhoepreconceitos  #gifde… | Orgulho e preconceito, Orgulho e preconceito filme, Orgulho e  preconceito frasesEmbora sua vida particular estivesse sempre em constante declínio - tanto físico quanto emocional, uma vez que, por seu trauma na infância, sentia dificuldades e desconfianças sobre os homens - a percursora de muitos autores do gênero viveu por sua arte. Por mais situações emblemáticas que houvessem em sua trajetória, sua produção literária se manteve quase ininterrupta! Em sua narrativa, Virginia buscava ampliar as perspectivas estéticas para além da narração existente, como, por exemplo, por meio de fios condutores do processo mental humano, isto é, ao utilizar em seu enredo fatores como: visões, pensamentos, consciências, desejos, etc. Além dos elementos estéticos, Virginia explorava a reflexão sobre o romance, questionando-se se era realmente importante existir amor em um casamento. 

nmuif: first man | TumblrCom uma vida verdadeiramente digna de uma odisseia grega, Virginia Wolf teve grande responsabilidade para com a literatura mundial. Definitivamente, as suas obras revolucionaram a narrativa do século XX, e seu posicionamento, por trás de suas obras, serviu para defender os direitos das mulheres. Com instabilidades e pesos emocionais constantes, a escritora, por fim, encarou a morte em um rio da Inglaterra, onde, com pedras nos bolsos do casaco, se suicidou, com medo do que a recém anunciada Segunda Guerra Mundial poderia trazer.  Com uma história tão trágica quanto obras primas de William Shakespeare, seu legado sempre deverá ser lembrado, como alguém que viu e viveu a arte com seu esplendor. 

"Não precisa ter pressa. Não há necessidade de brilhar. Não precisa ser ninguém além de si mesmo." (Virginia Wolf).


Denunciar publicação
0 Curtidas
0 Comentários
0
0 respostas

Indicados para você