Atividades
  • Notificações
  • Tags
  • Favoritos
Nenhuma notificação

O Universitário e a Pandemia

O Universitário e a Pandemia
Antony Costa
ago. 5 - 3 min de leitura
0 Curtidas
0 Comentários
0

Janeiro de 2020. Muitos planos, objetivos, metas e dúvidas. Que matérias vou puxar na faculdade? Como será esse período? No que vou me especializar mais? Todas essas perguntas tiveram que ser adiadas ou, ao menos, adaptadas ao longo do ano. 

A Pandemia chegou avassaladora, todos sabemos. Alguns tiveram suas aulas suspensas por mais de 5 meses. Outros, tiveram que se adaptar ao modelo remoto. Mas, e como ficam os planos feitos para o ano dentro dessa realidade?

Eu não posso criar regras. Cada um é único e sabe como está passando por esse momento. No entanto, se você está com o psicológico tranquilo e com tempo disponível, o que te impede de dar continuidade aos planos que podem ser cumpridos?​

​“Ah, mas eu queria me aprofundar na minha área mesmo, tava super animadx com esse período." Legal! Mas, já pensou em dar uma chance para algumas videoaulas? Artigos acadêmicos? Na internet há muitas opções para você não ficar parado!

Eu entendo que algumas pessoas encontrem dificuldades em se disciplinar para estudar em casa. Eu mesmo sou um desses. No entanto, quanto mais desculpas forem dadas, menos avanço é feito.

A palavra chave é ESFORÇO. Como vou saber se consigo estudar a distância se tentei apenas uma vez e, além disso, ainda tentei em um momento onde minha paciência não estava lá essas coisas? É muito fácil se basear em uma experiência ruim para não tentar mais. É confortável. 

Saia da sua zona de conforto. Clichê, né? No entanto, é uma grande verdade. Ninguém cresce sem se desafiar.

Pense em uma criança de 1 ano. É muito bom para ela estar engatinhando e pedindo colo, é confortável. Começar a andar é um grande desafio, ela sai de quatro apoios para apenas dois. Equilibrar-se, vencer o medo de cair e encontrar confiança são alguns dos obstáculos que ela precisa vencer para conseguir andar. E elas conseguem, não? Caindo e levantando, em looping. Cada uma no seu tempo.

A vida universitária é assim. Em novos desafios, a queda pode vir — provavelmente virá — mas o segredo está na persistência e na inovação. E, quer melhor momento para pôr essas características em prática do que uma pandemia?

É importante salientar, também, que você não precisa virar especialista de nada estudando em casa — e nem é esse o objetivo. O intuito é, em um momento como esse, não ficar estático nas áreas que te interessam. Ou, quem sabe, buscar novas áreas de interesse.

Experimente-se. 

O mundo tirou seu tempo para respirar, mas logo voltou à ativa. Temos que acompanhá-lo. Infelizmente, ele não nos espera. 

Observação: O autor do Post não é a favor da inserção do ensino remoto para alunos de ensino presencial. Porém, entende que em um momento como esse, é a única alternativa. 

​​​​


Denunciar publicação
0 Curtidas
0 Comentários
0
0 respostas

Indicados para você