[ editar artigo]

O poder do hábito: Tenha ciência dos seus gatilhos.

O poder do hábito: Tenha ciência dos seus gatilhos.

Desde pequenas atitudes como cortar o hábito de fumar até relevantes mudanças na política de segurança empresarial de multinacionais, "O Poder do Hábito" de Charles Duhigg nos ensina o quão relevante é o mindset de nossas ações perante bons e maus hábitos. Ele ensina muito sobre os hábitos em si, mas eu quero falar do que eu julguei como o ensinamento mais importante: Esteja ciente do que gatilha seus hábitos. Nós somos seres humanos, somos racionais e até mesmo o mínimo movimento de nossas mãos, só fazemos pois temos intenção explícita de fazer algo. E muita das vezes, acabamos por fazer apenas porque nos permitimos entrar em situações onde esses hábitos são propícios de serem feitos. Darei um exemplo para simplificar:

 

Você é um estudante e está à uma semana de distância de uma prova importante. Você sabe que se estudar, conseguirá ser aprovado. Mas um amigo te manda mensagem e te convida pra jogar, você aceita. Você é chamado por ele a semana inteira e quando chega o dia da prova, evidentemente você se dá mal. Se você apenas soubesse que bastava deixar o celular de lado, teria tido tempo de estudar para a prova. Muitas das vezes, nossas aparentemente pequenas ações são capazes de impactar nossas vidas de maneira exponencial. Então sempre que você cometer um mal hábito, anote essas seguintes coisas:

 

-dia

-horário

-o que estava fazendo antes

-com quem estava. 

 

Ao anotar isso pra cada hábito seu, você começará a enxergar padrões, coisas que você acabou percebendo que estão te atrapalhando, e é daí que vem a ciência sobre nossos gatilhos. Fica mais fácil mudar para melhor quando você sabe as causas que não te deixam mudar.

 

Preste atenção ao seu redor, tenha um bom dia e não se auto-sabote. 

Comunidade do Estágio
Ler conteúdo completo
Indicados para você