[ editar artigo]

O Poder do Feedback

O Poder do Feedback

Atualmente feedbak está em alta e sendo muito falado pelas empresas, mas será que todas elas colocam em prática, da forma certa, essa ferramenta incrível?

Entre alguns bate papos com amigos e experiências por mim vivenciadas, até hoje apenas como estagiário, percebo que a grande maioria das empresas não sabe como utilizar essa ferramenta e até mesmo a desconhecem, pelo incrível que pareça.

Incialmente, importante destacar que o feedback nada mais é que uma resposta voluntária à algum ato praticado pelo outro, no qual a pessoa decide expressar/avaliar como tal ato chegou até ela. 

Entendo esse ato como uma forma de contribuição para a evolução do próximo, pois através de um feedback bem colocado, conseguimos alertar a outra pessoa quais pontos podem ser melhorados, demonstrar gratidão pelos atos bem desenvolvidos e incentivar a continuidade de umbom trabalho.f

Existem categorias de feedbacks, sendo, portanto, divididos em:

  • Feedback positivo: aquele que busca elogiar, enaltecer um trabalho bem feito, elogiar algum comportamento ou até uma atitude do outro;
  • Feedback construtivo: busca explicar como a outra pessoa pode agir com o fim de melhorar alguma atitude ou comportamento que não esteja bom, explicando os pontos de melhoria e até como acredita que podem ser feitos;
  • Feedback negativo: nesse tipo de devolutiva, a pessoa apenas aponta o erro que o outro cometeu, sem mencionar pontos de melhoria. 

Ao meu ver, este último não deve ser praticado, pois não agrega em nada, apenas amargura a relação entre as pessoas, causando uma situação mega desconfortável, pois apenas aponta um erro, na maioria das vezes da pior forma.

Quando o assunto é feedback outros pontos também devem ser levados em consideração, como por exemplo a preparação emocional, pois a pessoa que concederá o feedback deve estar pronta para essa conversa e deve buscar a melhor forma de comunicação, como também o momento mais oportuno. Outro ponto bastante importante é o tempo. O ideal é que logo após o fato, o feedback seja concedido, pois o acontecimento estará recente e será possível uma melhor análise dos fatos.

Como a comunicação escrita esconde expressões corporaris, as quais, segundo uma pesquisa são responsáveis por quase 55% da comunicação, o ideal é que o feedback seja concedido pessoalmente. Caso não seja possível, existe uma plataforma sensacional chamada Matter, a qual é específica para isso, inclusive nós da Academia do Universitário usamos e adoramos.

Com isso, busque colocar em prática essa ferramentar super poderosa que é capaz de causar impactos bem legais e mudanças incríveis na vida das pessoas.

PS. Obviamente estou falando do feedback positivo e do construtivo 😄

 

Comunidade do Estágio
Ler conteúdo completo
Indicados para você