[ editar artigo]

Desafio: como eu utilizei o transporte público para expandir meus estudos

Desafio: como eu utilizei o transporte público para expandir meus estudos

Um desafio que aflige os estudantes que possuem uma rotina corrida, sobretudo os que (sobre)vivem em grandes cidades, é a falta de tempo para leitura.


Imagine o seguinte cenário:


Você, um jovem estudante que acorda às 5h00 da manhã para se arrumar e ir para o trabalho. O seu desafio começa cedo. Precisa tomar um banho, preparar o café e sair correndo para pegar o primeiro trem, ônibus, balsa, jetpack ou o que quer que seja para não se atrasar.

 

Infelizmente, nem todos somos o Tony Stark, e não podemos sair por aí voando de armadura, por isto, recorremos ao bom e velho transporte público. Para a surpresa total de zero pessoas, bem mais velho do que bom.

 

Você passará a próxima meia-hora ali, que por si só já é um baita desafio de resistência. Talvez mais tempo que isto. Chegará no trabalho no horário (caso não ocorra nenhuma "manutenção" no trajeto) e retornará ao mesmo ciclo, mas desta vez, rumo à faculdade.

Tudo bem, sabemos que você está de quarentena agora, mas isto não durará para sempre. E lá se vai mais meia-hora. Sentado? Talvez. Mas é sempre bom ceder o banco para quem mais precisa, não se esqueçam disto.

 

Você chega na sua faculdade, entende a matéria e volta para casa, pelo mesmo transporte com aquele sentimento de desafio cumprido. Tudo de novo, e de novo...

Isto pode mudar!

Meu caro leitor, se você se identificou com esta rotina que, assim como eu, milhares de estudantes levam, trago aqui o seguinte questionamento: 

Você já parou para pensar a quantidade de tempo que é perdida neste caminho? Digo, horas que poderiam ser investidas em conhecimento a fio, perdidas no meio de um simplório trajeto. Em alguns casos, como no caso deste que vos escreve, perde-se mais tempo em um trajeto do que dentro da instituição de ensino em si. Como você pode otimizar o seu tempo para acelerar o seu aprendizado?

 

Foi com estes questionamentos que eu decidi trabalhar melhor o meu tempo gasto incrementando algumas regras a este desafio diário. Decidi parar de assistir séries baixadas no celular e investir este valioso tempo em algo que possa agregar ao meu conhecimento.

 

Claro, não sejamos hipócritas, há dias que você estará de saco cheio e não há nada mais prazeroso do que ver o Joffrey tomando um tapa do Tyrion em Game of Thrones enquanto você aguarda pacientemente o seu destino.

Sim, eu sei que se você tiver assistido GoT, irá perder alguns segundos vendo e revendo este gif maravilhoso.

 

O que você pode fazer para aproveitar melhor este tempo?

As listas de atividades que você pode executar durante o transporte público é bem variada. Graças a Deus, hoje eu pego o transporte fora do horário de pico (porque horário do "Rush" é coisa de quem come pizza com luvas), o que me permite levar comigo um livro, um caderno pequeno, marca-texto e caneta para onde quer que eu vá. Meu processo de otimização é bem simples:

  • Leio o capítulo de determinado livro;
  • Grifo as ideias centrais, as frases que acho conveniente, palavras novas e tutti quanti;
  • Se eu estiver com tempo, escrevo sobre o que foi grifado. Se for uma citação bela, copio por extenso. Adiciono comentários e reflexões. Se eu não estiver, faço isto no trajeto de volta ou quando eu estiver em algum local sossegado.

Repito este processo todos os dias.

 

Lucas, eu pego o metrô tão lotado que sequer preciso entrar. Me jogam lá dentro como uma folha que segue a correnteza. O que eu faço?

 

Agora que vem a grande sacada, meu caro!

 

Você é habituado a ouvir podcasts? Se sim, parabéns! Se não, está na hora de você começar a expandir o seu horizonte de consciência para esta tecnologia (que nada mais é, mutatis mutandis, que o bom e velho rádio). Mas é bão você tomar cuidado, porque o que há de ladrõezinhos enfiados nestes lugares, é uma coisa fora de série. Mas acho que se você, assim como eu, possui uma rotina destas, te alertar destes perigos é chover no molhado.

 

As dicas não param por aí!

Você também pode aprender sem utilizar qualquer dispositivo. Apenas observe e escute. Sim!!

É de grátis

0800

Elabora uma crônica mentalmente, aí!! Observe as pessoas e tente imaginar os seus hábitos. Cada pessoa ali presente é um personagem em potencial. Será que ela está indo encontrar um amor? Fazer uma compra? Dando uma volta? Use a imaginação! Quais indícios você observa nela que te fazem crer nas hipóteses levantadas?

Gente, é sério, não existe nada mais incrível do que você observar a simplicidade e seus mistérios.


O nosso tempo é escasso e não podemos declinar as oportunidades que possuímos para aprimorar nossas skills.

Agora, me diz aí você!

Qual a sua rotina e qual o maior desafio dela?

 

#ColunistaOficialAU

Comunidade do Estágio
Lucas Costa Souza
Lucas Costa Souza Seguir

"Aut inveniam viam aut faciam." ✍🏻 ColunistaOficialAU 🏆️ Top 1 autor do mês de Agosto 📜 Jornalista

Ler conteúdo completo
Indicados para você