[ editar artigo]

Como ser aprovado em qualquer processo seletivo - Parte 3

Como ser aprovado em qualquer processo seletivo - Parte 3

Esse post é mais um da série que estou fazendo aqui na Comunidade do Estágio, e pra ele fazer sentido, é melhor você ler esse post primeiro, fechado?

Importante ressaltar que eu não sou a voz da razão e ainda não sou um Mestre Jedi. Essas serão apenas algumas práticas que eu observo no mercado e é a minha opinião sobre como você pode aplicá-las e ter maiores chances nos processos seletivos em que se candidatar.

Leia, reflita se faz sentido pra você e caso faça, aplique! :)

A gente tarda mas não falha então eis aqui a publicação que era pra ter sido feita ontem!

Na minha opinião, essa é a parte mais difícil e talvez cruel de um processo seletivo, então creio que seja o momento mais crítico e decisivo pro seu avanço em uma próxima etapa, e nem todos os processos possuem essa etapa.

As famosas dinâmicas de grupo.

Digo que esse é um momento crítico pois normalmente você já está super nervoso de estar participando de um processo seletivo, sua ansiedade está a mil, consequentemente suas emoções e seu raciocínio não estão bem estáveis como deveriam, e você precisa ser submetido à conhecer novas pessoas que, normalmente, estão concorrendo contigo pela mesma vaga, e ainda se comunicar com elas, formar grupos, bolar ideias e durante tudo isso você sabe que está sendo avaliado e julgado a cada movimento. Um caos, né?

Se a gente não consegue nem formar grupos de trabalho com nossos amigos da faculdade que conhecemos há anos, como daria certo algo assim?

Pois é, mas precisa dar.

Porém, tem uma coisa que você precisa entender antes de qualquer coisa eu eu vá dizer aqui: a dinâmica de grupo serve pra entender as suas características, e quem você é de verdade.

Não existe certo, ou errado. Você pode ter exatamente o perfil que a empresa procura, ou não. E tá tudo bem se não.

Nem sempre o perfil pra vaga vai ser o ideal hollywoodiano que falam por aí, mil experiências, líder nato, oratória impecável e etc.

Portanto, quando você estiver em uma dinâmica, não fique com medo e se achando deslocado, quando surgir esse tipo de candidato como seu concorrente. O candidato que possuir todas essas características pode ser um candidato muito bom, ou muito ruim também. Isso só depende do perfil da vaga que a empresa busca.

Dito isso, as maiores características comumente avaliadas em dinâmicas são:

- relacionamento interpessoal (trabalho em grupo)

- liderança

- persuasão

- planejamento estratégico

- raciocínio lógico

- oratória

Como se sair bem em uma dinâmica? Basta ser exatamente quem você é. Porém, existem algumas coisas que você pode fazer para ser melhor avaliado pelos recrutadores.

Como isso tudo depende muito da vaga em questão, da área de atuação e de milhares de outras variáveis, vou falar apenas sobre as três habilidades em negrito, pois elas são universais.

- Relacionamento Interpessoal

Essa, de longe, é a habilidade que você mais precisa se atentar, e talvez uma das mais difíceis de se desenvolver, pois é muito a longo prazo e você não desenvolve de uma hora pra outra. 

Pense que todas as empresas do mundo tem algo em comum, foram criadas e são geridas por gente, por pessoas. E portanto você precisa se relacionar bem com pessoas em qualquer uma delas.

É óbvio que existem algumas profissões mais individuais, que não demandam muito contato humano externo ou interno, mas o fato é que essa habilidade é requerida pra qualquer profissão.

Portanto, comece a trabalhar isso dentro de você diariamente, o trabalho em grupo é a única coisa que nos fez uma civilização como conhecemos e isso não é diferente em nenhum lugar.

Em uma dinâmica, busque preencher as lacunas que surgem durante o processo dentro do seu grupo, mesmo que você não tenha capacidade total de realizar aquela tarefa. Deixe isso claro tanto pros seus colegas quanto pros recrutadores.Você ter uma visão orientada à equipe a todo momento será bem visto.

- Persuasão

Conectado diretamente com o relacionamento interpessoal, a persuasão normalmente é vista como algo ruim, porém, se trata apenas da sua capacidade de argumentar de forma coerente suas ideias com o objetivo de influenciar outras pessoas. 

E isso é necessário a todo momento na vida de um profissional, principalmente em níveis mais juniores onde você não tem muito poder e muita voz normalmente. Saber organizar e vender suas ideias serão essenciais para se destacar.

A dica aqui é muito simples. Divida em uma pirâmide.
 

O topo da pirâmide é a sua resposta principal, entregue ela de primeira pra todos entenderem qual a sua opinião.

Depois disso, divida em três argumentos chaves que levam você a acreditar naquela opinião. 

Depois disso, e caso seja necessário, divida cada um desses argumentos em três ideias que te levaram a interpretar daquela forma.

Esse é um mecanismo super simples mas que te fará ter mais clareza na sua explicação e na sua capacidade de persuasão, tanto quanto na sua clareza de pensamento ao encontrar um problema.

- Oratória

E por último, mas não menos importante, a oratória. Que está diretamente conectado com o que foi dito acima.

Não existe uma profissão que você ter uma má oratória será considerado ruim, portanto, é essencial pra qualquer pessoa desenvolver essa habilidade.

Existem diversos cursos e conteúdos sobre esse assunto por aí e recomendo que todos busquem por isso e tentem sempre se desenvolver nesse sentido.

Pra uma dinâmica, a dica é simples. Pense sempre no modelo de pirâmide citado anteriormente e conecte os pontos.

Tenha em mente tudo aquilo que você quer dizer e de que forma uma coisa puxará a outra.

Você não desenvolverá uma habilidade de oratória incrível de uma hora pra outra pois também é algo muito a longo prazo. Porém, o que você pode fazer pra ajudar nisso é treinar.

Peça pra algum familiar ou amigo servir como ouvinte e comece a treinar textos sobre qualquer tipo de assunto, dessa forma você exercita sua mente a praticar aquele tipo de atividade, mesmo com alguém te ouvindo, o que gera uma pressão.

Uma outra dica é sempre que você estiver estudando qualquer tipo de assunto, tente criar uma apresentação sobre isso e comece a treinar até essa apresentação ser fluida e você ter tudo na sua cabeça, isso vai exercitar sua mente cada vez mais à praticar sua oratória e se acostumar com isso.

 

Galera, é basicamente isso, não existe fórmula mágica como vocês podem perceber, são apenas algumas práticas que podem te ajudar.

Repito, a ideia da dinâmica é te conhecer, então seja você mesmo a todo momento e o que tiver de ser, será! :)

Se gostou, dá um like aí, se inscreve no canal.. KKKK

E.. hoje tem mais! 

 

 

 

 

Comunidade do Estágio
Ler conteúdo completo
Indicados para você