Atividades
  • Notificações
  • Tags
  • Favoritos
Nenhuma notificação

Como ser aprovado em qualquer processo seletivo - Parte 2

Como ser aprovado em qualquer processo seletivo - Parte 2
Leonardo Pimentel
jul. 29 - 4 min de leitura
13 Curtidas
4 Comentários
1

 

Esse post é mais um da série que estou fazendo aqui na Comunidade do Estágio, e pra ele fazer sentido, é melhor você primeiro ler esse post primeiro, fechado?

Importante ressaltar que eu não sou a voz da razão e ainda não sou um Mestre Jedi. Essas serão apenas algumas práticas que eu observo no mercado e é a minha opinião sobre como você pode aplicá-las e ter maiores chances nos processos seletivos em que se candidatar.

Leia, reflita se faz sentido pra você e caso faça, aplique! :)

Por incrível que pareça, a parte número dois pra você ser aprovado em qualquer processo seletivo também é  muito simples, e caso você realmente queira uma vaga, você é obrigado a fazer: dedique-se nas inscrições e nas etapas.

Hoje em dia, a maioria dos processos seletivos possuem várias etapas, e raramente elas são presenciais, apenas se você chegou nas finais, mas isso eu falo num próximo post.

Digamos que você está participando de uma etapa de um processo seletivo e se depara com a seguinte pergunta no questionário: Por quê você quer trabalhar na empresa?

Muitas pessoas respondem essas e outras perguntas como se fossem apenas uma pergunta qualquer e não consideram a possibilidade que realmente uma pessoa estará lendo suas respostas, talvez não só uma, talvez várias.

Provavelmente o recrutador inicial, o recrutador acima dele, o gestor direto da vaga, o diretor da área e assim por diante. Conforme você for sendo aprovado pra próximas etapas.

Me diz, qual dessas duas respostas você acredita que terá um maior destaque aos olhos dos recrutadores. Vou te dar dois exemplos.


Essa?


Ou essa?

É fácil observar isso, né?

E se eu te dissesse que pelo menos 70% das pessoas respondem no mesmo estilo da segunda opção? Respostas rasas, genéricas e totalmente aleatórias.

Dediquem-se a cada momento no processo seletivo, isso vai desde a sua inscrição inicial até a última etapa.

Esse foi apenas um exemplo de etapa que você deve encontrar por aí, o importante não é você absorver que precisa criar um textão gigante pra cada resposta, mas sim ter a mentalidade de se DEDICAR em cada etapa.

Por exemplo, anexar o seu currículo é uma etapa. Ele realmente é um currículo apresentável? Diferente? Te destaca como profissional? Ou é raso igual à essa resposta que mostrei?

Pensa, respira e reflita. Você usa um currículo criado em site de vagas? Currículo que você baixou de um modelo que dizem que é bom? Então já tá errado.

Qual foi sua etapa de dedicação na criação do currículo se você pegou tudo pronto e templatizado?

DEDIQUE-SE.

Busque maneiras de criar o seu próprio currículo, totalmente individualizado, diferente e que se destaque no mar de currículos padronizados que os recrutadores encontram por aí.

Uma dica: quando a gente bate o olho em um currículo, sabemos identificar qual veio de template ou não. 

Se tu precisar de uma ajuda nesse sentido, pode falar comigo no LinkedIn, adoro ajudar uma galera por lá referente à isso.

Lembre-se que currículo não existe certo ou errado, cada recrutador enxerga de uma maneira e cada pessoa possui o seu, o que existem são boas práticas e é isso que tento passar.

O currículo, a inscrição, as perguntas, as etapas.. tudo isso são escadinhas nas quais você precisa passar e são a porta de entrada pra você conhecer o recrutador e aí sim ele entender se o seu perfil faz sentido pra empresa no atual momento. E você só vai conseguir chegar lá, se você se DEDICAR em cada um dos degraus dessa escadinha.

DEDIQUE-SE.

Amanhã tem mais! :)




 


Denunciar publicação
13 Curtidas
4 Comentários
1
0 respostas

Indicados para você