[ editar artigo]

Autodidatismo é uma habilidade que depende de outras. Aprenda aqui, como você poderá se beneficiar .

Autodidatismo é uma habilidade que depende de outras. Aprenda aqui, como você poderá se beneficiar .

 

Fala galera,tudo de boa?

O olhar para o didatismo vem mudando gradualmente, e alguns fatores ajudam na desmitificação dessa habilidade como:

  • Pirâmide de Aprendizagem
  • Metodologias Ativas de Aprendizagem

Esses fatores citados acima tem como princípio o seguinte:

Aumentar um pouco mais a participação do estudante, a fim de que ele se torne mais ativo no seu próprio processo de aprendizagem.

O aluno é personagem principal e o maior responsável pelo processo de aprendizado. O objetivo é incentivar a capacidade de absorção de conteúdos de maneira autônoma e participativa.

Já temos, inclusive, algumas formas mais utilizadas, dessas metodologias hoje como:

  • Gamificação
  • Ensino Híbrido

Ficou interessado,como essas metodologias podem impactar a vida dos universitários e estudantes em geral? Então ,clique aqui para entender melhor.

Quanto à pirâmide,ela leva em consideração duas posturas de aprendizagem: a passiva e a ativa.

Na postura passiva,  a  retenção do conhecimento é menor (ex: ler,escutar e ver)

Na postura ativa, a retenção é considerável em relação ao próprio aprendizado.( ex: debates, atividades práticas ou ao ensinar alguém.)

 Agora , o que isso tem a ver com o Autodidatismo?

Eu sempre tive uma concepção totalmente deturpada a respeito do que era ser autodidata, e acredito que não estava sozinha nessa. Pois, a impressão que eu tinha é  que era necessário ter um talento especial ou que era algo reservado a gênios.

Hoje, o fato de termos mais acesso às informações de qualidade,entender e falar mais a respeito de habilidades me trouxe essa certeza que eu estava ''viajando'' a respeito desse assunto.

Origem da palavra Autodidata

A palavra autodidata vem do termo grego autodidaktikos, sendo que auto quer dizer “a si mesmo” e didaktossignifica “ensino”.

Ou seja, o autodidata é aquele que ensina a si mesmo, ou se instrui por esforço próprio. É ter a capacidade de aprender um conteúdo de forma autônoma, administrando seu próprio processo de estudo. É justamente esse ponto que o Autodidatismo,a Pirâmide de Aprendizagem e as Metodologias Ativas de Aprendizagem têm em comum.

                                          A autonomia é fundamental!

Dessa maneira, um indivíduo autodidata organiza os meios de aprendizagem (metodologias) que possui à disposição, bem como suas habilidades e conhecimentos.

Para ficar por dentro do que é o CHA que fala de conhecimentos,habilidades e atitude ,clique aqui.

Saiba clicando aqui, como as habilidades transferíveis são tão importantes quanto,pois se você estiver passando por uma transição ou anda pensando a respeito,elas passam a ser cruciais nesse processo. E começar a exercitar as habilidades que nos facilita o caminho para chegar ao Autodidatismo pode ser um diferencial para você, perante o mercado de trabalho.

                                      Determinação e foco são importantes!

Ser um autodidata não quer dizer não ter nenhum tipo de ajuda, mas sim, não ter uma pessoa da qual você dependa para aprender.

É justamente isso que irá ,mesmo que lentamente,revolucionar a educação e posteriormente refletir no mercado de trabalho de maneira positiva. Haverão mais indíviduos com o pensamento crítico desenvolvido, e menos massa de manobra.

Por isso que a educação nos salva do que quisermos,clique aqui para aprender através do pensamento crítico, a fazer escolhas mais conscientes.

Não existe autodidata que seja totalmente independente em tudo,pois até os conteúdos que eles acessam,seja na internet ou por livros,podcast e etc … são criados por terceiros. E devido a isso a motivação e iniciativas fazem a diferença.

As habilidades necessárias para desenvolver  e se tornar ser um Autodidata

  • Autoconhecimento
  • Autonomia
  • Motivação
  • Iniciativa
  • Determinação
  • Planejamento
  • Responsabilidade pelo aprendizado
  • Execução dos conteúdos aprendidos
  • Curiosidade
  • Ser multidisciplinar
  • Ser tecnológico
  • Gestão do tempo
  • Compromisso com fontes confiáveis do conhecimento

#Bonus

Segue um artigo no LinkedIn chamado: Se você não é autodidata, acredite: está vivendo o século errado do Patrick Esper que é sensacional.

 

 

''É fazendo que se aprende a fazer aquilo que se deve aprender a fazer.''

Aristóteles

 

 

Inté...

 

#poruniversitáriosmaisautodidatasesaudáveis

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Comunidade do Estágio
Laís Santiago
Laís Santiago Seguir

Estudante de Administração e Orientadora de Carreira | Apaixonada por Desenvolvimento Humano

Ler conteúdo completo
Indicados para você