Atividades
  • Notificações
  • Tags
  • Favoritos
Nenhuma notificação

Aprendendo com as crianças

Aprendendo com as crianças
Ely Andrade
set. 5 - 3 min de leitura
14 Curtidas
4 Comentários
1

 

Por vezes a rotina massacra, acaba com a nossa motivação e criatividade. Só repetir cansa.
Replicar é maçante, fato. Mas há sempre uma maneira de trocar as lentes e voltar a ter prazer e ânimo nas atividades da rotina. 
Esse é meu objetivo neste artigo, tentar com minha experiência te fazer olhar como uma outra pessoa, mais precisamente como uma criança. Isso mesmo que você leu, vem comigo!

 

Essa semana estive no CDD do Correios de minha cidade pra pegar uma encomenda, pra isso tive que me locomover de ônibus. Tudo normal, até eu entrar no ônibus para voltar.
Me sentei atrás de uma criança com sua mãe e dividi olhares entre a janela e ela.

Num certo ponto do trajeto o motorista acelerou e fez uma curva, momento em que a gente se segura onde pode pra não cair, mas a criança fez algo que me surpreendeu: ergueu os braços e deu gritinhos de felicidade, como se tivesse numa montanha-russa.
Fiquei encantado com a atitude, e realmente inspirado. Por isso listei algumas atitudes que as crianças tem que podem nos tirar do limbo penoso que é a rotina.

Segue o fio

 

 

1 - Fazer como se fosse a primeira vez

As crianças estão no início da vida, tudo que elas vivenciam é algo novo. Por causa disso elas estão totalmente abertas ao aprendizado e igualmente livres de julgamentos e padrões.

Quando foi a última vez que você vivenciou uma experiência longe dos padrões?

 

2 - Perguntar

 

Um hábito que praticamente todas as crianças tem, sem dúvida, é perguntar. Afinal de contas elas não sabem, não conhecem.
Essa prática é indispensável para o aprendizado e conhecimento do mundo em volta da criança, se ela pergunta ela tem interesse em descobrir de fato como aquilo funciona.

Qual foi a última vez que você se questionou sobre algo, ou o porquê de fazer aquilo?

 

3 - Se divertir, aproveitar o momento

 

Assim como a criança que eu vi no ônibus, outras tantas se divertem com pouco. Não é preciso um console do último modelo ou um PC Gamer pra diversão acontecer, porque isso já faz parte dela. A criança busca isso, estar leve e descontraída, e é essa lição que temos de aprender com elas.

É claro que é mais fácil para as crianças estarem relaxadas e despreocupadas, pois, elas não possuem tantas responsabilidades como nós. Só que apesar disso, elas estão presentes no momento em que vivem, e o vivem com intensidade.

É sobre isso: estar por inteiro no momento.
(um pouquinho de Mindfulness por aqui)

E a partir disso olhar com otimismo para as situações, para que assim você se divirta enquanto vive aquilo.

Não deve ser tão difícil ver a vida assim, afinal, todos nós já fomos crianças, só basta tentar ser uma versão um pouco mais antiga de nós mesmos.

 

 

Isso é tudo pessoal, obrigado por ter lido até aqui e até a próxima coluna :)

 

#AUInfinitoEAlém



 


Denunciar publicação
14 Curtidas
4 Comentários
1
0 respostas

Indicados para você