[ editar artigo]

A teoria do Big Five no mercado de trabalho

A teoria do Big Five no mercado de trabalho

Esse texto é em especial para aqueles que, assim como eu, amam uma teoria.

O que é a Teoria do Big Five?

O Big Five é uma teoria desenvolvida por psicólogos, e, de acordo com ela, é possível analisar a personalidade humana em 5 dimensões: abertura a novas experiências, conscienciosidade, extroversão, amabilidade, e estabilidade emocional. Em inglês, esse modelo de fatores possui a sigla OCEAN(Openness to Experience, Conscientiousness, Extraversion, Agreeableness, Neuroticism). A teoria é o resultado de uma série de pesquisas feitas sobre comportamentos representativos de todas as características de personalidade que alguém possa ter; independente de culturas, crenças e momentos diferentes, a estrutura da personalidade gira em torno desses 5 domínios.

Empresas modernas vêm utilizando da Teoria do Big Five para fazer seu recrutamento e avaliar seus candidatos, mas, por que?

O primeiro ponto que cabe ser citado é: quando se sabe quais são os traços mais marcantes do candidato, é mais fácil colocá-lo em uma vaga mais apropriada ao seu perfil, e assim seu potencial é valorizado e não desperdiçado.

É possível fazer uma equipe de trabalho que se complete, isto é, que seus talentos sejam complementares e compatíveis. Inclusive, o clima dentro da empresa tende a ser melhor, pois se o trabalhador está em um cargo compatível à sua personalidade, ele se torna mais satisfeito com seu trabalho, vai explorar mais suas qualidades, não se sentirá desmotivado ou estressado frequentemente.

Fazer o que você ama no trabalho se torna uma motivação para o sucesso próprio e o sucesso da empresa.

A Teoria do Big Five é uma estratégia usada pelo RH(recursos humanos) das empresas, pois assim os processos seletivos são mais fáceis de organizar, é possível agilizar as etapas e separar o perfil de cada candidato de acordo com seus percentuais nos indicadores.

Cada um dos 5 fatores da Teoria possuem 6 facetas distintas. Vamos para cada uma delas:

Abertura a novas experiências- tendência a ser aberto a coisas novas, experiências estéticas, culturais e intelectuais. O indivíduo com alta pontuação nesse domínio caracteriza-se como imaginativo, artístico, curioso e com amplos interesses. 

Suas facetas são:

  1. Fantasia- forte imaginação, criatividade;
  2. Estética- valoriza a arte e a beleza, ama música e poesia;
  3. Sentimentos- Sente suas emoções muito intensamente;
  4. Ações- Dispõe-se a explorar e experimentar novas atividades;
  5. Ideias- curiosidade intelectual,é interessado sempre em saber mais;
  6. Valores- pronto para explorar e avaliar seus próprios valores, sejam eles sociais, políticos ou religiosos.

 

Conscienciosidade- inclinação à organização, esforço e responsabilidade. O indivíduo com a pontuação alta nesse domínio é caracterizado como eficiente, organizado, autônomo e disciplinado.

Suas facetas são:

  1. Competência- facilidade em lidar com desafios e imprevistos;
  2. Ordem- organiza todas as tarefas;
  3. Senso de dever- Dogmático em seus valores;
  4. Realização/esforço- Motiva-se fortemente por metas;
  5. Autodisciplina- segue suas próprias regras e limita a distração;
  6. Deliberação- pensa muito bem antes de agir.

 

Extroversão- esse domínio se concentra na sociabilidade de onde as pessoas retiram sua energia, o indivíduo extrovertido é caracterizado como amigável, energético e entusiasmado.

Suas facetas são:

  1. Calorosidade- facilidade de aproximar-se de outras pessoas;
  2. Gregariedade- prefere companhia do que a solidão;
  3. Assertividade- Lidera e domina diversas situações;
  4. Atividade- Estilo de vida acelerado, enérgico;
  5. Buscador de entusiasmo- prefere o barulho do que o silêncio;
  6. Emoções positivas- inclinação para o otimismo.

 

Amabilidade- o perfil com pontuação alta nesse domínio age de modo cooperativo, menos egoísta possível. O indivíduo amável se caracteriza como tolerante, simpático e modesto.

Suas facetas são:

  1. Confiança- acredita na boa intenção dos outros;
  2. Simplicidade e sinceridade- se expressa de forma pura;
  3. Altruísmo- Se preocupa com o bem-estar dos outros;
  4. Conformidade- prefere ficar calado do que criar confusão;
  5. Modéstia- humilde quando fala de si;
  6. Empatia- simpático e se põe no lugar dos outros, a famosa expressão "não faça com os outros o que você não quer que façam com você.

 

Estabilidade emocional/ neuroticismo- último domínio, mas não menos importante, se baseia na falta de previsibilidade e consistência de suas emoções., ou seja, na falta de estabilidade emocional. Quando o indivíduo é instável emocionalmente, caracteriza-se como irritado, explosivo e impulsivo.

Suas facetas são:

  1. Ansiedade- tensão, inquietação;
  2. Hostilidade- tendência ao sentimento de raiva, amargura;
  3. Depressão- propensão a sintomas depressivos, como perda de energia, insônia, dificuldade de concentração e achar prazer em algo;
  4. Autoconsciência- sente vergonha de si quando está ao redor dos outros;
  5. Impulsividade- incapacidade de controlar seus sentimentos;
  6. Vulnerabilidade- não sabe lidar com suas emoções, depende muito de terceiros como apoio.

E aí? Gostou e quer saber sua pontuação e entender um pouco mais sobre seus próprios sentimentos e pensamentos?

Trouxe um link para você que ficou curioso, me conta sua pontuação nos comentários ;) 

  https://www.outofservice.com/bigfive/


                                                                                                           Luana Lemos, Colunista Oficial

Comunidade do Estágio
Luana Carvalho de Lemos
Luana Carvalho de Lemos Seguir

Carioca, apaixonada por marketing e o mundo da comunicação, sempre em constante formação e evolução. Conhecimento e informação nunca é demais, né? Quando compartilhado é melhor ainda, chega mais!

Ler conteúdo completo
Indicados para você