[ editar artigo]

5 vantagens da inteligência emocional para os universitários

5 vantagens da inteligência emocional para os universitários

O termo foi cunhado pelo psicólogo norte-americano Daniel Goleman e está relacionado com a capacidade de identificar as próprias emoções.

Pessoas que têm esse tipo de inteligência mais aguçada conseguem compreender sentimentos com mais facilidade, por consequência, também são mais capazes de controlá-los.

Fui a fundo sobre o tema e encontrei diversas vantagens para nós, universitários, trabalharmos cada vez mais a nossa inteligencia emocional.

Vamos conhecer quais são essas vantagens?

1. Os estudantes que se dedicam a desenvolver a inteligência emocional tendem a lidar melhor com os desgastes, comuns especialmente em época de final de período. Eles conseguem antecipar e lidar com isso, evitando um esgotamento excessivo.

2. A capacidade de comunicação também melhora, e isso é muito vantajoso para que o aluno possa expor seu ponto de vista, se sair melhor em apresentações e até em entrevistas de emprego.

3. Ao compreender e controlar as próprias emoções, a pessoa também consegue administrar conflitos de grupo e lidar com membros mais difíceis da equipe. Isso é positivo, sobretudo, quando chegar a hora de elaborar o Trabalho de Conclusão de Curso.

4. O domínio da inteligência emocional é essencial para os universitários desenvolverem e manterem um bom relacionamento com os stakeholders, pessoas que podem ajudar a impulsionar sua carreira profissional em um futuro próximo.

5. Trabalhar em equipe é algo necessário tanto na própria faculdade quanto no trabalho. Esse tipo de inteligência também faz com que a pessoa esteja apta a criar um ambiente mais positivo, motivando todos os que estão ao redor e fazendo com que a produtividade seja maior.

E como os universitários podem proceder para fortalecer essa inteligência? Existem algumas ações que servem de caminho para isso.

- O primeiro passo é dar mais atenção para o próprio comportamento, observando e analisando as suas próprias reações. É válido, inclusive, colocar isso no papel.

- Dominar os impulsos é outro ponto importante. Ao receber uma prova e constatar que o professor não foi justo com a sua nota, exercite a arte de respirar fundo, contar até 10 e só depois que a raiva inicial já tiver se dissipado, procurar o professor em questão e argumentar.

- Você também deve aprender a lidar com a pressão, porque ela vai ser cada vez maior e isso não precisa, necessariamente ser algo ruim. Mantenha a calma, lide com a sua ansiedade e defina prioridades para dar conta de todas as tarefas de acordo com sua ordem de importância.

Pessoas que se preocupam em fomentar a sua própria inteligência emocional conseguem reagir melhor diante de qualquer situação frustrante ou desfavorável que se apresentar. São capazes de enxergar o lado positivo e tirar algum proveito dos obstáculos do cotidiano!

fnt: thebridge

E aí, já tinha ouvido falar nesse tema e nessas vantagens?

Me conta aqui!

Até a próxima!

Comunidade do Estágio
Thaís Martins
Thaís Martins Seguir

Graduanda em Gestão de Recursos Humanos e Colunista oficial da Comunidade do Estágio. ____________________________________ 📩 thaiss-martins@hotmail.com LinkedIn: Thaís Martins

Ler conteúdo completo
Indicados para você