Atividades
  • Notificações
  • Tags
  • Favoritos
Nenhuma notificação

Você conhece o movimento hacktivista?

Você conhece o movimento hacktivista?
Kamila Camargo Dolinski
set. 30 - 3 min de leitura
4 Curtidas
1 Comentários
0

Provavelmente você conhece grupo Anonymous que balançou o Brasil e o mundo durante o mês de junho deste ano (2020). O grupo que há um ano não se manifestava voltou a ativa após uma série de protestos que ocorreram nos Estados Unidos pela morte de George Floyd, tal grupo levou a público informações pessoais do presidente estadunidense Donald Trump.

 

Mas, e aí, você conhece o movimento hacktivista?

donald trump GIF

O grupo Anonymous é apenas um dos que fazem parte desta corrente social que visa atuar pelo "bem da sociedade".

 

A palavra hacktivismo tem origem a partir dos termos hack + ativismo. 

De acordo com Tim Jordan hack é uma tentativa de usar a tecnologia de uma maneira original, não ortodoxa e inventiva. 

No que se refere ao ativismo este é um fenômeno que trás um viés de mobilizar o coletivo em prol de causas sócio-politicas

 

Logo, o hacktivismo se trata do uso não violento da força  para exercer fins políticos utilizando-se de conhecimentos de informática. 

 

Apesar dessa ideologia de agir em prol do bem maior, existem alguns hacktivistas radicais que realizam atos que mais danificam a imagem da prática do que colabora nas suas missões. 

Com isso é importante saber que o mundo dos hackers é dividido em comunidades e estes prezam pelo trabalho que trará reconhecimento dos demais membros e que seja de valor para a comunidade.

O reconhecimento dentro desta comunidade é algo extremamente importante  e os que conquistam respeito devido aos seus conhecimentos técnicos são denominados "wizards" (magos).

charlie hunnam yes GIF

Além da atividade hacker, existe a atividade cracker e é esta que traz problemas, por isso é marginalizada e não faz parte da comunidade hacker. 

Os crackers são os indivíduos que utilizam seu conhecimento para detectar vulnerabilidades no sistema e as utilizam para ganho pessoal. Alguns exemplos de atividade cracker são: a violação da privacidade; o furto de informações; a chantagem etc.

É perceptível então, que enquanto o hacktivismo preza a moralidade, com uma finalidade maior, as atividades crackers buscam o ganho pessoal, podendo ser financeiro ou até mesmo uma forma de "divertimento".

Por não possuir o conhecimento necessário sobre a distinção dos hackers e dos crackers, muita vezes o conceito de hacker é banalizado e estes são vistos como criminosos, que perseguem senha de banco, roubam dados e agem apenas em benefício próprio. Entretanto o hacker não passa de uma pessoa curiosa e solucionadora de problemas. 

De outra ponto de vista é certo que a comunidade hacktivista pode vir a infringir leis para cometer atos em defesa de um bem maior, quando isso acontece os argumentos voltados à liberdade de expressão e o livre acesso à informação são amplamente utilizados. 

 

 

Agora, me conta, o que você acha dos movimentos hacktivistas? Eles são importantes para a sociedade?

 

 


Denunciar publicação
4 Curtidas
1 Comentários
0
0 respostas

Indicados para você