Comunidade do Estágio
Comunidade do Estágio
Você procura por
  • em Publicações
  • em Grupos
  • em Usuários
VOLTAR

Teste "Mapeamento de perfil" Que bicho é esse? Venha descobrir!

Teste "Mapeamento de perfil" Que bicho é esse? Venha descobrir!
Jefferson Felipe A Jesus
fev. 16 - 8 min de leitura
020


  • INTRODUÇÃO

Opa galera! Tudo bem?
Hoje eu vim trazer um conteúdo super bacana que pode te ajudar muito nos processos seletivos de algumas empresas. Se você está procurando emprego, com certeza já respondeu algumas perguntas aleatórias em alguma plataforma tipo Mindsight, né? Esses testes ou etapas do processo seletivo costumam aparecer como "mapeamento de perfil". Mas você sabia que tem uma teoria por trás disso tudo? Se não sabia, cola aqui que eu te explico.

Em processos seletivos é super comum usarem várias ferramentas para entender se o seu perfil está aderente com a vaga. E aí pode ocorrer diversas etapas como a própria entrevista e também um teste chamado "mapeamento de perfil". Esse teste eletrônico serve para entender o seu comportamento e com base nas respostas que você der, o recrutador, vai decidir se te contratar ou não. Mas você sabia que esse teste tem uma teoria famosa por trás? Ela se chama Big Five e é sobre isso que vamos falar agora.



  • BIG FIVE E CONTEXTO HISTÓRICO

A teoria Big Five, também conhecida como modelo dos Cinco Grandes Fatores (em inglês, "Big Five"), é uma teoria da personalidade que descreve a estrutura da personalidade humana em termos de cinco traços amplos e estáveis. Quando criaram a teoria Big Five, os psicólogos queriam explicar o que é a personalidade humana de um jeito que funcionasse em qualquer lugar do mundo. Só que cada país tinha uma definição diferente, o que complicou as coisas. Mas, se pararmos para pensar, é meio óbvio que todos nós, mesmo sendo de países ou culturas diferentes, somos seres humanos e temos personalidade, né? Então porque cada cultura dava uma definição diferente para a personalidade? Com esses questionamentos, alguns teóricos começaram a trabalhar para resolver isso.

E aí, os teóricos resolveram que a personalidade podia ser dividida em traços ou um conjunto de palavras que fossem capazes de definir a personalidade. Isso pode até parecer complicado, mas é mais fácil do que a gente pensa porque a gente já faz isso no nosso dia a dia, entende? Tipo, quando nós queremos falar como alguém é, costumamos dizer: "Ah, o fulano é mais extrovertido" ou "Ah, o sicrano é mais introvertido", entendeu?
Mas de onde vem a ideia de que a personalidade poderia ser descrita em traços ou em palavras e termos?
Olha, tudo começou lá nos anos 40 e 50 com o psicólogo Raymond Cattell, que foi um dos primeiros a dizer que dava pra descrever a personalidade em traços amplos e consequentemente traços específicos, que dava até pra medir e quantificar. Ele criou uma série de testes psicológicos com base nisso, para ver a personalidade em termos dessas características e usou uns cálculos para ver os fatores mais importantes que influenciam elas. Na época, Cattell descreveu a personalidade humana como contendo 16 fatores / traços incluindo os traços Extroversão, Abertura à experiência, Conscienciosidade, Amabilidade, Neuroticismo.

Quando o Cattel estudou a personalidade humana, ele encontrou 16 traços diferentes que definiam como as pessoas eram. Só que aí, outros teóricos como o Warren Norman e o Lewis Goldberg, chegaram à conclusão que tinham 5 traços principais e que os outros 16 ficavam embaixo desses 5. Tipo uma pirâmide,sabe?

Daí, outros psicólogos como o Paul Costa e o Robert McCrae continuaram trabalhando nessa teoria Big Five para provar que ela era verdadeira. Eles publicaram a teoria e ainda criaram um teste para medir a personalidade das pessoas baseado nesses 5 fatores. Esse teste é o Inventário de Personalidade NEO (NEO-PI).

Agora, eu sei que você tá ansioso pra saber quais são esses 5 traços, né? São eles: abertura, consciência, extroversão, amabilidade e neuroticismo. E é com base nesses traços que os testes da Mindsight medem a personalidade das pessoas. Demais, né?
Agora, lembra que lemos que dentro destes 5 traços existem traços específicos como se fossem uma pirâmide ? Então, venha conhecer eles.



  • TRAÇOS DE PERSONALIDADE DA BIG FIVE
  1. Extroversão: relacionado a pessoas que são sociáveis, descontraídas, recepetivos e procuram estimulação.

    Note que o traço amplo é Extroversão e os traços específicos são sociáveis, descontraídos etc.



  2. Abertura à experiência: relacionado a pessoas que são curiosas, imaginativas, criativas e abertas a novas ideias e experiências.
  3. Amabilidade: relacionado a pessoas que são cooperativas, simpáticas, compassivas e preocupadas com os outros.
  4. Neuroticismo: relacionado a pessoas que são emocionalmente instáveis, ansiosas e propensas a emoções negativas.
  5. Conscienciosidade: relacionado a pessoas que são organizadas, responsáveis, trabalhadoras e orientadas para metas.


Esses traços foram identificados através de análises estatísticas de questionários de personalidade e são considerados universais, isto é, se aplicam a todas as culturas e contextos. A teoria Big Five tem sido amplamente estudada e utilizada em pesquisas em psicologia, em áreas como a psicologia organizacional, a psicologia clínica e a psicologia da saúde.


Mas preciso te falar umas coisas aqui. Como que a gente sabe se um teste é confiável e preciso, ou seja, se ele mede o que quer medir do jeito certo e sem erro? Tem um órgão chamado SATEPSI, que é do Conselho Federal de Psicologia, que fiscaliza isso. Quando eu falei do Inventário de Personalidade NEO, ele passou por um processo bem chatinho para poder ser publicado e aceito. Mas olha só, testes online de plataforma de recrutamento não passaram nesse processo do SATEPSI, entende?
A MindSight pode fazer ferramentas como essa? A resposta é sim. Se inspirar numa teoria e criar o próprio teste para recrutar não vai esbarrar em nenhum impedimento jurídico. Só que aí não dá pra dizer que é um teste psicológico porque não foi validado pelo SATEPSI, sacou? Mas não deixa de ser um teste simples e sendo franco eu acho que isso não quer dizer que o teste deles não presta ou não é útil, então pra mim tá valendo o RH usar ele pra conhecer melhor quem tá contratando. Não tira seu mérito.


  • SOBRE OS TESTES DA MINDSIGHT

Lá em cima a gente viu que a MindSight usa a teoria Big Five no teste chamado "Mapeamento de perfil". Eu tentei achar mais informações sobre como eles criaram as perguntas e o teste em si, e até mesmo qual método usaram, tipo se foi o TRI - Teoria de Resposta ao Iten (aquele que usam no ENEM, sabe?), mas não achei nada. Então, não posso ajudar nessa. 😥

Mas eu vou compensar: vou te ensinar o passo a passo pra você baixar e ver a análise completa do seu perfil. Mas, claro, você só consegue ver se você já tiver respondido o teste antes para alguma vaga.

Vou te ensinar em passos bem simples como baixar a análise completa do seu perfil na MindSight:

  1. Acesse o site https://portal.mindsight.com.br/devolutivas/

  2. Coloque o seu e-mail lá e aperte "Enter".

  3. Vai chegar um código no seu e-mail, então você abre o e-mail e copia o código.

  4. Volta na página e cola o código, aí clica em "Enter" de novo.

  5. Pronto!

Só pra te lembrar que, na devolutiva, pode ser que apareçam 16 traços descritos. Mas fica de boa,combinado?  rs! Como lemos neste artigo,  a Big Five surgiu justamente da teoria dos 16 traços do Cattell é como se fosse uma unificação de 3 ou 4 traços da 16FP para formar a Big Five.

Agora que você já leu esse artigo, vai conseguir mandar bem no teste de boa, porque já sabe do que se trata cada coisa ali. Com isso, você já elimina um monte de dúvidas, né?

Então é isso, valeu! Até a próxima!



Denunciar publicação
    020

    Indicados para você