Você procura por
  • em Publicações
  • em Grupos
  • em Usuários
BACK

Sustentabilidade e música

Sustentabilidade e música
Beatriz Waehneldt da Silva
Jul. 16 - 3 min read
000


Seguindo a linha do post anterior, irei comentar sobre uma banda que atualmente faz muito sucesso com seus shows sensoriais, sustentáveis e inclusivos.

Ela mesma, Coldplay!

Composta pelos carismáticos Chris Martin, Johnny Buckland, Gurry Berriman e Will Champion, a banda vem fazendo muito sucesso nas mais variadas faixas etárias com suas músicas de ritmo contagiante e concertos que são uma experiência única de vida.

A turnê global, Music of the Spheres, sem dúvida, entrará para a história. A banda havia ficado anos sem realizar shows, pois buscava uma forma de ser mais inclusiva e sustentável. Assim, eles passaram um bom tempo desaparecido dos palcos, estudando e buscando formas de realizarem apresentações mais inovadoras e congruentes com a atualidade. 

Foi essencial para a sua campanha que 3 Rs fossem seguidos, sendo eles: Redução (Redução de Consumo, Reciclagem extensa e corte da emissão de CO2 em 50%), Reinvenção (Apoio a novas tecnologias verdes, sustentáveis e métodos de baixo carbono) e Restauração (Fazer a turnê o mais beneficente, no quesito da sustentabilidade, o possível, trazendo projetos inovadores que ligam natureza e tecnologia).

Assim, diversas novidades foram implementadas. Por exemplo, a energia da turnê foi toda proveniente de meios sustentáveis, como a energia cinética do pulo dos expectadores e bicicletas. Além diso, as pulseiras de luzes distribuidas ao público foram todas feitas utilizando de materiais compostáveis, sendo recolhidas ao final do show para serem reutilizadas.

Além disso, o shows do Coldplay patrocinaram e foram embaixadores de diversas ações sustentáveis e ligadas em transformar o mundo em um lugar melhor. Várias boas causas foram as sortudas por terem seus trabalhos divulgados na turne, como Client Earth, The Ocean CleanupOne Tree Planted, Global Citizen e muitas outras que você pode conferir aqui!

Fui ano passado com a minha mãe e irmã ao Rock in Rio, pois era o sonho da pequena assistir a eles ao vivo e não me arrependo. Mesmo com a chuva, frio e hipotermia que passei, me lembro desse dia com muita emoção. Foi um momento tão mágico que, inclusive, salvamos dinheiro por quase um ano para assisti-los novamente, dessa vez sem chuva, quando eles retornaram ao Rio.

Revolucionando a história dos shows, Coldplay nos ensinou muito sobre o que podemos aguardar no futuro do entretenimento. Sustentabilidade, inovação e inclusão sem dúvida serão tópicos a serem mais bem pensados por outros artistas e bandas ao realizarem suas respectivas turnês.

Suas mudanças, além de inspirarem a indústria cultural, inspiraram diversas grandes empresas e enviaram uma mensagem clara para o mundo pós-pandêmico: A nova geração clama por um mundo mais ligado na sustentabilidade, ou seja, ligado ao meio ambiente, sociedade, economia e inovação. Fiquem ligados, pois, em breve, cada vez mais, iniciativas, como a da banda, se tornarão frequentes!

Eai, qual show você considera como mais revolucionário? Me conta aqui nos comentários qual você acha que será a próxima inovação da indústria de apresentaçõs!




Report publication
    000

    Recomended for you