Atividades
  • Notificações
  • Tags
  • Favoritos
Nenhuma notificação

Storytelling: Principais tipos de narrativas

Storytelling: Principais tipos de narrativas
Jaqueline Martins
ago. 23 - 3 min de leitura
0 Curtidas
0 Comentários
0

 

Você sabia que histórias são excelentes meios para aprendizagem?  Contar histórias é uma das formas mais antigas de repassar conhecimento, acompanhando o ser humano antes mesmo da invenção da escrita.

O storytelling, em uma tradução literal, é o ato de contar histórias. Seja através de recursos multimídia ou através de textos, as narrativas servem para contextualizar um determinado conteúdo. Existem diversas técnicas que auxiliam no seu desenvolvimento, utilizadas geralmente na publicidade, marketing e também na educação.

Como começar?

Não existe uma forma definida de como contar uma história, porém existem narrativas padronizadas que atraem a atenção e o interesse do espectador.  É importante analisar seu público e o seu objetivo antes de criar uma história que se adapte alguma informação. Apresentarei alguns tipos de storytelling que podem ajudar nesse começo.

A Jornada do Herói

Nesse tipo de narrativa, o personagem principal é retirado da sua zona de conforto para enfrentar um desafio. É bastante utilizada para encorajar pessoas a enfrentarem suas dificuldades. Para sua composição, existem 12 etapas a serem seguidas:

1. O herói vive uma vida comum;

2. Ele recebe um chamado para aventura;

2. Ele se recusa ou demora a aceitar o desafio;

3. Ele encontra o mentor e aceita o chamado;

4. Abandona o mundo comum e entra em outro mundo;

5. Encontra testes, aliados e inimigos;

6. Possui êxito nas provações;

7. Tem uma crise, geralmente de vida ou morte;

8. Conquista uma recompensa (elixir);

9. Ele começa a voltar para o mundo comum;

10. Só que ocorre outro teste, que ele tem que usar tudo que foi aprendido;

11. Ele volta para casa com o “elixir” e ajuda a todos.

 

Nós somos parecidos (Do fracasso à fama)

Aqui o objetivo é criar uma narrativa que se conecte com o espectador através da empatia, o "eu já estive no seu lugar". Ao narrar histórias que apresentem um personagem enfrentando os mesmos problemas que o público alvo, surge a curiosidade em saber como ele conseguirá alcançar seus objetivos. As etapas para sua construção são:

1. Nós somos parecidos e eu também tinha o mesmo problema que você;

2. Eu também tinha medo e insegurança, mas algo mudou;

3. Eu fiz uma descoberta;

4. Essa descoberta revolucionou minha vida;

5. Eu mostrarei como você também pode conseguir o sucesso.

 

A Jornada do Idiota

Nesse tipo de história consiste em apresentar o sucesso de um personagem mesmo que ele cometa diversos erros durante sua trajetória. Suas etapas são:

1. Comece falando sobre os erros do personagem;

2. Lembre-se de como foi no início, antes de ter o conhecimento que ele tem atualmente.

3. Seja autêntico e  mostre os seus erros mais idiotas.

4. Incentive os outros a fazer mais.

5. Repita a frase: “nem sempre foi assim”.

Vocês já utilizavam o storytelling em algum projeto? Já conheciam? Deixe aqui nos comentários! :)

 


Denunciar publicação
0 Curtidas
0 Comentários
0
0 respostas

Indicados para você