[ editar artigo]

Somos herdeiros da revolução industrial

Somos herdeiros da revolução industrial

A Revolução Industrial marcou o início da Idade Contemporânea e modificou uma série de relações que pouco a pouco implementou o modo capitalista de produção, e consequentemente formalizou a estrutura social com a qual convivemos até hoje.

Somos herdeiros da revolução industrial e vou te contar alguns pontos do que eu estudei. Era uma texto só para o curso, mas achei tão interessante que vou compartilhar aqui com vocês. 

O pioneirismo inglês foi o principal motivo para a Inglaterra se tornar uma grande potência mundial, dentre eles está a invenção da máquina à vapor. Essencial para o “bum” e que marcará a primeira fase deste processo.

Depois o fato da burguesia inglesa ter chegado à ascensão política, no século XVII. Isso fez com que o estado adotasse uma série de medidas que beneficiaram o reino o unido. O segundo marco vem com o acúmulo de riquezas de séculos. Isso inclui, tráfico de escravos, comercio internacional, cercamento de terras e a pratica de roubos de navios de outros países, uma espécie de pirataria em nome do estado. Ou seja, tudo isso rendeu um monte de capital que os ingleses usaram tempos depois. A mão de obra da revolução, trabalho x capital, operários x burgueses vieram de alguns pontos. Já naquela época, a burguesia gozava de algumas vantagens devido a revolução inglesa, século XVII, supra citado. E, esses privilégios limitaram até a participação da aristocracia e da realeza. A burguesia inglesa era a mais poderosa no mundo.

A classe operária era marcada por muita exploração, era outra história. Essa classe nasceu em conjunto com as fábricas, devido o cercamento de terras para a burguesia. Muitos camponeses foram expulsos, e foi esse o êxodo rural que expandiu os latifúndios e trazendo a mão de obra necessária para encher as fábricas nas cidades.

Porém, os trabalhadores viviam em situações precárias. Jornadas de trabalho com uma carga altíssima e uma remuneração irrisória e não havia nenhum direito garantido por lei. Os trabalhadores se revoltaram e culminou movimentos como o Cartismo e o Ludismo. E o Ludismo organizou invasões às fábricas para destruir equipamentos. E o Cartismo por cartas políticas.

A expansão em meados do século XVIII ao início XIX foi da Inglaterra até a França. E o principal combustível era o carvão. Já no final do século XIX, a segunda fase, as máquinas se espalharam para o resto da Europa, EUA e Japão. E, o principal combustível foi o petróleo.

Já na terceira fase, século, XX, depois da segunda guerra mundial ocorre uma nova expansão para o resto do mundo trazendo tecnologias de massa. Ainda hoje, presentes no nosso dia a dia até hoje. A grande importância foi tornar os métodos de produção mais eficientes que os conhecidos na época. Passando a produzir mais em menos tempo e com maior qualidade.

Como consequência, as mercadorias ficaram mais baratas. Estimulando o consumo e abrindo portas para o consumismo que se estabeleceu nessa terceira fase da revolução industrial. Em decorrência de todo esse processo, aumentou desordenadamente o crescimento da cidade, assim como a poluição ambiental no mundo inteiro. Ameaçando inclusive o futuro da vida na terra. Mas isso eu vou contar lá na frente. 

Comunidade do Estágio
Monique Karla Carvalho
Monique Karla Carvalho Seguir

Carioca, gente boa e boa de papo. Senta um pouquinho pro café que tenho bastante pra te contar. :) Tenho formação em Comunicação Social e estudo Gestão em RH.

Ler conteúdo completo
Indicados para você