Comunidade do Estágio
Comunidade do Estágio
Você procura por
  • em Publicações
  • em Grupos
  • em Usuários
VOLTAR

Sinais de que o seu "estágio" jurídico não é um estágio

Sinais de que o seu "estágio" jurídico não é um estágio
Gleidson Santos
abr. 30 - 2 min de leitura
000


Se você já está estagiando na área jurídica, você precisa saber quais são os sinais que demonstram que o seu estágio não cumpre regras que deveria seguir!

Um estágio bem organizado e que segue as disposiões legais trazem benefícios para o estagiário, como a garantia de um bom espaço de aprendizado, sem repressões e receio para questionamentos, além de ser uma oportunidade para a empresa/instituição também aprender com aquele estudante.

Confira abaixo 5 sinais:


Sinal nº 1 - Você recebe um excesso de demanda e/ou precisa levar trabalho para casa porque seu superior cobra o cumprimento das tarefas.

Sinal nº 2 - Já ouviu piadas ou “brincadeiras” passivo-agressivas do seu superior.

Sinal nº 3 - Você recebe demandas que não são da área jurídica e que não têm qualquer relação com seu curso (ex: Pegar café para o superior, varrer e limpar o local do estágio).

Sinal nº 4 - Seu estágio ultrapassa o limite de 6 horas diárias ou 30 horas semanais.

Sinal nº 5 - Seu estágio é “voluntário”. Segundo a Lei de Estágio (nº11.788/2008), não existe trabalho voluntário de estágio fora da instituição de ensino. Ou seja, se você está num órgão público ou escritório e não recebe uma remuneração, o seu trabalho pode ser chamado de voluntariado, mas não é um estágio. Logo, você não pode utilizar o contrato, se houver, para convalidar com o estágio da sua Universidade.

O estagiário tem o direito à dignidade e respeito pelas suas atividades realizadas. Não aceite que você seja desrespeitado ou assediado de qualquer forma no ambiente de trabalho, já que aquele espaço deveria te acolher.

Caso você esteja passando por alguma situação desconfortável, busque mudar de estágio o mais rápido possível. No entanto, como é comum existir a dependência financeira dos locais em que estagiamos, analise sua situação para entender em quanto tempo você consegue sair daquele estágio abusivo para encontrar um novo.


Gostou do post de hoje? Comenta abaixo o que achou :3




Denunciar publicação
    000

    Indicados para você