[ editar artigo]

Série: Inteligência Socioemocional - 3

Série: Inteligência Socioemocional - 3

Olá, leitores! Terceira e última resenha do livro Inteligência Socioemocional, no qual Augusto Cury traz a ferramentas da IS como trabalhar os papéis da memória e reeditar o filme do inconsciente.

Deve-se compreender a complexa atuação do fenômeno RAM - Registro Automático da Memória, aonde arquiva-se as experiências. O registro da memória é involuntário, e através das emoções, determinamos a qualidade do registro. Quanto maior o volume emocional envolvido na experiência, mais o registro será privilegiado e mais chances terá de ser lido.

Registramos milhões de experiências por ano e resgatamos as  que têm maior conteúdo emocional, como as que envolveram perdas, alegrias, elogios, medos, frustrações... É necessário fazer uma limpa em nossos sentimentos e assim, tentar ser menos emotivo, a fim de armazenar memórias saudáveis e usa-las como memória de uso contínuo.

O autor fala que:

uma crítica mal trabalhada pode romper uma amizade. Uma discriminação sofrida pode encerrar uma vida. Uma decepção afetiva pode gerar intensa insegurança. Uma falha pública pode gerar bloqueio intelectual. Até mesmo brincadeiras, em que certos alunos são chamados por apelidos pejorativos, podem gerar graves conflitos.

E sabe qual é o perigo disso? É que a memória não pode ser deletada.

Remoer sentimentos e momentos ruins e traumatizantes só adoece a mente. Por isso, é necessário reeditar todo santo dia o filme do inconsciente. 

Cury deixa técnicas funcionais para usarmos  com nosso próximo e conosco, como:

  1.  Ensinar as armadilhas do consumo;
  2. Deixe que sua vida sirva de exemplo;
  3. Nutra a personalidade deles com sua história;
  4. Não superproteja;
  5. Proteja a emoção de quem foi agredido;
  6. Ensine o valor da liberdade e negocie limites;
  7. Pratique a arte da gratidão;
  8. Agradeça as pessoas por sua existência;
  9. Seja tolerante;
  10. Dê o que o dinheiro não compra.

Espero que tenham gostado da série de artigos sobre o livro desse autor sensacional. Vou deixar uma frase, como vocês já sabem, que reflete um pouco dessas técnicas, no qual você encontra no livro milenar mais atual do planeta Terra.

Mas o fruto do Espírito é amor, alegria, paz, paciência, amabilidade, bondade, fidelidade,
mansidão e domínio próprio. Contra essas coisas não há lei.

Gálatas 5:22,23 

Obrigada pela visita e leitura! Comente se quiser, mas por favor, ainda #usemascara por respeito! :) Bjs

 

Comunidade do Estágio
Ana Carla Gouveia
Ana Carla Gouveia Seguir

Administradora que estuda Pedagogia na UERJ. Aquela professora que é tia sim; conhecida por fazer mil coisas ao mesmo tempo... As vezes Carla, sempre Ana! ✅

Ler conteúdo completo
Indicados para você