[ editar artigo]

Redes sociais de direita?

Redes sociais de direita?

Todos nós sabemos a importância das redes sociais nos dias de hoje. Seja para conversar com conhecidos, se distrair ou buscar informações. E é exatamente por isso que elas resolvem atualizar políticas de privacidade e combatem grupos que divulgam as famosas Fake News.

Tudo isso ficou ainda mais em evidência após o evento de invasão do Capitólio, o congresso dos EUA.

PERA AÊÊÊÊÊ!!! O que tem a ver as redes sociais com a invasão do capitólio?

Calma, que eu te explico!

O Presidente Norte Americano, Donald Trump, apoiou a invasão e criou a hashtag #MarchForTrump, tendo, portanto, suas contas do Facebook e Instagram suspensas pelo menos até a posse do próximo presidente, Joe Biden, e banido de vez do Twitter, além da Amazon, que retirou a Parler dos seus serviços de hospedagem pelo número considerável de "trumpistas".

Com isso, os apoiadores começaram a migrar para outras plataformas, como Telegram, SignalRumble (versão do YouTube) e MeWe (versão do Facebook).

"Diga 'oi' para a privacidade" (image by: DNA India)

Para ter ideia da dimensão dessa movimentação, vamos analisar o Signal:

Ele se tornou o aplicativo de mensagens mais baixado da Play Store e viu um aumento de 4.200% no número de usuários.

Com o Telegram não foi muito diferente...

O app teve mais de 25 milhões de downloads nas últimas 72 horas, atingindo meio bilhão de usuários. Com essa onda conservadora em movimento, o Presidente do Brasil, Jair Bolsonaro, também resolveu criar seu canal.

Ou seja, as restrições de empresas como Facebook, Google e Amazon resultam em pontos positivos, como um ambiente com informações mais seguras, diminuindo a fácil disseminação de mentiras, e negativos, pois a extrema direita se isola mais ainda, vivendo dentro de uma bolha em que todos concordam entre si e não permitem discussões saudáveis, que fortalecem a democracia.

Ah, não se esqueçam de acessar meu LinkedIn e meu Instagram para continuar antenado com as principais novidades do mundo.

Veja também o Site e Instagram do meu projeto, APEX, uma Incubadora de Jovens que ensina sobre 4 pilares. Acesse e descubra mais!

Até a próxima, pessoal!

Comunidade do Estágio
João Oliveira
João Oliveira Seguir

Fundador e Professor da Apex | Incubadora de Jovens; Colunista Oficial da Academia do Universitário

Ler conteúdo completo
Indicados para você