[ editar artigo]

O QUE É O SISTEMA FINANCEIRO NACIONAL (SFN)?

O QUE É O SISTEMA FINANCEIRO NACIONAL (SFN)?

Ei, você sabe o que a arrecadação de tributos do governo, a operação do mercado de ações e de commodities e o funcionamento da estrutura bancária tem em comum? Todos eles são fragmentos do Sistema Financeiro Nacional. E é apenas por causa dele que as pessoas, as empresas e o próprio governo circulam a maior parte de seus ativos, pagam suas contas e realizam seus investimentos.


Atualmente, toda economia moderna possui um sistema financeiro robusto, e cada país organiza e administra sua estrutura de acordo com os seus processos econômicos. Contudo, podemos afirmar que, em grande parte, a responsabilidade de seu funcionamento é do governo federal. 

No Brasil, a atuação desse sistema nacional é formado pela soma de 4 mercados: o Monetário; o de Crédito, o Cambial; e o de Capitais. E os agentes dessa estrutura são divididos entre normativos, supervisores e operadores, sendo os dois primeiros de base totalmente estatal.

O Conselho Monetário Nacional, também conhecido como CMN, é o principal órgão normativo do país. Ele é responsável pela formulação das políticas que diz respeito a moeda e ao crédito e impacta diretamente o mercado Monetário, de Crédito e Cambial.


Já o Banco Central (Bacen) e a Comissão de Valores Mobiliários (CVM) são os supervisores mais conhecidos.  O primeiro sendo responsável pela estrutura bancária e de pagamentos enquanto o segundo responsabiliza-se pela bolsa de valores e suas adjacências.

Por parte dos operadores, os bancos, os consórcios, as cooperativas de crédito, a administradora da bolsa de valores, as seguradoras, entre outros, são em sua grande maioria instituições privadas. Poucas exceções, como a Caixa Econômica Federal e o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), são organizações totalmente públicas. E o Banco do Brasil que, como já sabemos, é formado por capital misto.
 


FYI: Em 2018, a estrutura financeira acumulou o valor de R$ 6.7 trilhões em circulação. Um aumento de 7,7% em relação a 2017.



Outra característica importante é que o Sistema Financeiro Brasileiro é responsável pela circulação e administração de todo dinheiro nacional, seja ele físico ou escritural (que são as moedas bancárias). Isso incluindo também as conversões de moedas estrangeiras que não são aceitas em nossos território. 

Comunidade do Estágio
NICOLAS RALINE DE SOUSA
NICOLAS RALINE DE SOUSA Seguir

Jornalista e graduando em economia. Sempre coloco a organização e o relacionamento com as pessoas à minha volta em primeiro lugar. Minhas principais características são: planejador, empático e protagonista. E estou aqui para compartilhar e aprender!

Ler conteúdo completo
Indicados para você