Atividades
  • Notificações
  • Tags
  • Favoritos
Nenhuma notificação

O caminho que me levou a colunista da AU – E o que eu espero do futuro

O caminho que me levou a colunista da AU – E o que eu espero do futuro
Mariana Ferreira Zanotto
ago. 5 - 3 min de leitura
5 Curtidas
6 Comentários
0

Quer saber como me tornei colunista da AU junto com um time maravilhoso de estudantes de toda parte do Brasil? Senta que lá vem história!

Rá-Tim-Bum senta, la vem, historia, ra tim bum, tv cultura, vinheta, sofa, cultura, maçã GIF

Tudo começou em setembro de 2018 quando participei da Rio Oil & Gas, o maior evento do setor de petróleo e gás da América Latina. O evento por si só daria um bom texto sobre networking, oportunidades, soft skills, entre outros (e que quem sabe será abordado futuramente).

A questão é que durante o congresso eu tive a oportunidade de conhecer o Fábio Martins, ele é especialista em capital humano e parcerias acadêmicas da Total, além de atualmente ser Super Mentor aqui na AU. Conhecer alguém que trabalha numa multinacional e que é tão solícito com nós, universitários, é uma verdadeira conquista e, por isso, passei a acompanhá-lo no Linkedln.

Mas Mariana, o que isso tem a ver com ser colunista da AU? Eu explico. Em maio deste ano, o Fábio participou da Semana do Estagiário e assim, eu conheci o Diego Cidade e a Academia do Universitário <3. A partir disso, passei a acompanhar ambos e a bola de neve de conteúdo, insights e oportunidades foi crescendo.

Preciso destacar aqui que dentro desse período (setembro/2018 a maio/2020) vivi grandes mudanças na minha vida: a procura e a ansiedade por um estágio, a mudança para outro estado, a volta para o meu estado e para a casa dos meus pais, o fim de um ciclo incrível e a decisão de começar outro.

Os marcos acima e as suas entrelinhas, me levaram ao caminho do autoconhecimento, do desenvolvimento constante e da busca por caminhos fora dos usuais para seguir minhas paixões.

Por isso, quando surgiu a chance de ser colunista da AU e ajudar jovens universitários como eu a compartilhar conteúdo, se desenvolver e conquistar espaço no mercado de trabalho, o primeiro pensamento foi por que não?

A oportunidade é única e fora da curva, claro que rola o medo da exposição e da criação de conteúdo, mas precisamos aproveitar as chances e arriscar para crescer, por isso, eu convido você que chegou até aqui a compartilhar também suas experiências e conhecimentos na Comunidade do Estágio. O que te trouxe até aqui?

Só assim construiremos as pontes entre nós mesmos e, como consequência, entre a universidade e o mercado de trabalho. E, no fim, isso é o que eu espero do futuro!


Denunciar publicação
5 Curtidas
6 Comentários
0
0 respostas

Indicados para você