[ editar artigo]

Modinhas e o efeito manada

Modinhas e o efeito manada

As modinhas são efeitos sociais gerados a partir de produtos populares que influenciam, ao mesmo tempo, diferentes faixas etárias e classes sociais. Para ficar mais claro, eu pretendo exemplificar algumas dessas modinhas, expor o lado positivo, além de alertar sobre o efeito de manada.

Modinha dos vídeos games

Recentemente o jogo Fall Guys, popularizou- se e, até outro dia, era um dos assuntos mais comentados do Twitter. Para quem não conhece Fall Guys é um jogo de gincanas, tipo dos programas de televisão, reúne até 60 competidores, que devem superar desafios aleatórios para acumular pontos, ganhar a partida e novas fantasias. Pessoas de todas as idades estavam jogando, inclusive quem nunca tinha jogado qualquer outro jogo. Esses tipos de jogos estimulam a coordenação motora, os reflexos e o pensamento lógico.

Séries Netflix

Quando colocamos na netflix vamos direto às listas das 10 séries/filmes mais vistos da semana para escolher o que vamos assistir. Confessa...Você faz isso, não é?

Um bom exemplo recente foi o sucesso da terceira temporada de Dark. Não se falava em outra coisa nas redes sociais e foi um dos assuntos mais comentados do Twitter. Para quem não conhece, é uma série alemã, original Netflix, de suspense e ficção científica lançada em 2017. A série fala sobre viagens no tempo, em ciclos de 33 anos (nos anos de 1953, 1986 e 2019) e de como estes ciclos podem influenciar no passado, presente e futuro dos habitantes da cidade de Winden, na Alemanha. Um fato muito interessante de Dark, é que uma história para concurseiro, porque cobra muita atenção de quem está assistindo e até exige que você faça anotações para entender tudo o que está acontecendo.

Modinhas dos Livros

Quem nunca, em plena adolescência, ficou aficionado por uma saga de livros super famosa?

Tais sagas geralmente conquistam o grande público depois que ganham adaptação para o cinema/streaming. Temos vários exemplos como Saga crepúsculo, Cinquenta tons de cinza, Jogos vorazes, HP, Percy Jackson, Para todos os garotos que eu já amei e daí vai uma lista infinita. E acaba acontecendo um movimento inverso, a partir do primeiro filme as pessoas vão querer saber mais sobre os livros e conhecer o restante da história.

Se você não tem algum incentivo à leitura em casa, a escola, provavelmente, também não vai ajudar a construí-lo. Não temos nenhum tipo de incentivo real para a literatura. Nenhuma criança/adolescente quer ler O cortiço, Iracema, Dom Casmurro ou  O auto da barca do inferno. Essas leituras têm linguagem mais rebuscada, as tramas não são interessantes para esse público e os jovens acabam não construindo um interesse real pela literatura.  A falha é gritante.

Mas o que isso tem a ver com as modinhas literárias?

Muitos jovens têm se apaixonado pelo mundo literário a partir dessas sagas porque justamente esses livros falam com os adolescentes, mexem com o seu imaginário, estimulam a criatividade, melhoram a leitura e a escrita. Essa é a mágica dos livros.

Militância nas redes sociais

O que não falta são pessoas completamente dentro do padrão falando sobre autoaceitação. Ou pessoas racistas compartilhando a hastag #BlackLivesMatters ou a imagem do Chadwick Boseman (O Pantera Negra). Ou compartilhando a imagem amarela para o setembro contra o suicídio, sendo que na vida real não faz nada do que está pregando na internet.

Tais causas têm que ser propagadas pelo maior número de pessoas possíveis para que suas vozes sejam ouvidas. Então, se você identifica que alguém que você segue está inserido em alguma das coisas que citei anteriormente. Ou só fala sobre quando o assunto está bombando, deixe de seguir. Comece a seguir quem realmente fala sobre a causa.

Dicas:

Autoaceitação: @vaiquedatata

Militância negra: @thamirysborsan


Uma coisa é você conhecer algum produto porque tornou-se popular, ter a sua própria experiência e decidir se gosta. Outra completamente diferente, é reproduzir uma determinada ação só porque a maioria das pessoas está fazendo.

Um alerta: Cuidado com o movimento em manada

Sabe aquela expressão que sua mãe falava: “Você não é todo mundo!”

Tem muita sabedoria nessa frase.

O efeito de manada é quando nossas decisões individuais são influenciadas a partir do coletivo, devido àquela sensação de aceitação. Gerando a criação das bolhas sociais. Afetando a forma de se vestir, do que gostar e até da sua vida financeira.

Como fugir desse efeito?

1)     Mantenha-se informado

2)     Não perca seus objetivos de vista

3)     Não aja na base da emoção

4)     Questione o senso comum

Não seja uma pessoa alienada. Tenha senso crítico!

Dica de livro que aborda muito bem esse tema: + Esperto que o Diabo.

Comunidade do Estágio
MaJu Deolindo
MaJu Deolindo Seguir

Olá, meu nome é Maria Julia, tenho 22 anos sou estudante de economia e uma leitora assídua.

Ler conteúdo completo
Indicados para você