Atividades
  • Notificações
  • Tags
  • Favoritos
Nenhuma notificação

Mercado de Trabalho

Mercado de Trabalho
Andreza Barroco
out. 1 - 3 min de leitura
4 Curtidas
3 Comentários
0

Sei que essa é mais uma coluna sobre How I Met Your Mother (não desistam de mim, estou revendo a série!). Entretanto, dessa vez, falarei de algo um pouco mais sério: mercado de trabalho.

A primeira vez que assisti, não atentei para estes fatos. Agora, vendo pela (não sei o número) vez, consegui absorver coisas que jamais consegui sequer enxergar.

Pode ser que contenha algum #Spoiler, então, cuidado.

Vamos aos fatos:
Marshall – Formou-se em Direito e tinha o sonho de ser advogado ambiental. Lindo, você não acha? Pois bem, ao pé em que ele quer exercer a carreira dos sonhos, descobre que o salário não seria o esperado. Com isso, enfia o sonho de salvar o ambiente no bolso para poder conseguir dinheiro para formar uma família.

Ted – O arquiteto. Para início de conversa, era a pessoa que fazia árvores para maquetes de grandes projetos aos quais ele tinha fortes críticas, mas continuava exercendo sua função. Após o fracasso deste grande projeto (Spoiler: a forma que ele tinha, não era lá muito aceitável), Ted tem oportunidade de apresentar seu projeto particular e decola em sua carreira.

Lily – Formada em Artes e sonha em ser uma artista renomada. Mas trabalha como professora do Jardim de Infância e pinta por hobby, deixando de lado o sonho de viver de arte. Além disso, também trabalhou como garçonete e foi assistente no escritório onde Ted trabalha. Para ter contato com a arte, também trabalhou como Consultora de Arte.

Robin – A garota que precisou deixar o lugar onde morava para ir atrás do sonho de ser Jornalista. Ela, realmente, passou pelas etapas de Repórter de Campo, ganhou prêmio de mídia local e, com isso, se tornaria Âncora. Ela teve oportunidade ser correspondente no Japão, mas não foi como esperava. Até chegar na tão sonhada carreira perfeita, passou por altos e baixos.

Barney – Se formou e foi trabalhar num café. Ia para Nicarágua trabalhar com o Corpo de Paz, tudo isso motivado por sua namorada. No entanto, após desilusões, resolveu entrar no mundo corporativo. Ninguém tem conhecimento sobre sua real função, quando perguntado, apenas respondendo com “PLEASE”. Não darei spoiler sobre isso, assistam!

Com isso, eles mostram que nem sempre você sai da faculdade para seguir aquilo que você esperava. Às vezes, você consegue ser feliz fazendo outras coisas. Ou melhor, você pode aprender muito em outras funções e agregar bagagem até o dia de alcançar a tão sonhada carreira.

O importante é sempre batalhar para alcançar sonhos, sejam eles quais forem.

 


Denunciar publicação
4 Curtidas
3 Comentários
0
0 respostas

Indicados para você