[ editar artigo]

Matriz SWOT: entenda como funciona

Matriz SWOT: entenda como funciona

A Matriz SWOT é uma ferramenta extremamente usada por diversas empresas para auxiliar na tomada de decisões. 

Em português, algumas pessoas denominam essa matriz de FOFA.

Não é fofa nesse sentido haha


E sim, porque FOFA é um acrônimo de 

Forças
Oportunidades
Fraquezas
Ameaças

Que em inglês formam o acrônimo SWOT (strengths, weaknesses, opportunities, threats)

Por meio da análise SWOT, é possível que gestores avaliem diferentes frentes de seus negócios, como os fatores internos (forças e fraquezas) e fatores externos (oportunidades e ameaças).

Deste modo, a avaliação de estratégias e previsões são facilitadas.

Por onde começar? 

A Matriz SWOT é dividida em quatro campos. Em cada um deles, deve ser inseridos os elementos que estão de acordo com a sua empresa e com a descrição da matriz. 

1. Forças

A principal pergunta a ser respondida é: "quais são os pontos positivos da organização?". Deve ser apontado tudo aquilo que se apresenta como uma vantagem competitiva.

Exemplo: preço, qualidade, localização etc. 

2. Oportunidades

O questionamento aqui a ser respondido é: "quais são os caminhos que podem levar o crescimento do meu negócio?".

Observe que esse é um aspecto relacionado ao ambiente externo. Portanto, é necessário entender os pontos que estão fora do controle da organização, mas que podem ser usados a favor dela. 

Um exemplo seria o aumento da adesão ao veganismo e de uma vida mais saudável por parte das pessoas. Muitas empresas se aproveitaram desse cenário para lançar novos produtos do segmento fitness.

3. Fraquezas

As fraquezas representam os pontos negativos dentro da empresa.
O que atrapalha o crescimento da organização? O que precisa ser melhorado para que os resultados sejam alcançados?

Exemplos: custos elevados, equipe desmotivada, comunicação ineficiente etc.

4. Ameaças

Ao focar nas ameaças é necessário avaliar a seguinte questão: "quais são os obstáculos do mercado?".

Deve ser compreendido o que causa dificuldades para a empresa, mas que a mesma não possui controle, já que essas ameaças estão inseridas no ambiente externo.

Apesar de serem incontroláveis, é necessário que se analise esses pontos para mitigar riscos e se preparar para ultrapassar esses obstáculos. 

Exemplos: aumento da concorrência, crise econômica, etc.

 

Assim, a Matriz SWOT se mostra uma ferramenta muito útil para o diagnóstico, análise do mercado e planejamento estratégico da empresa.

É interessante notar que a matriz é muito versátil, podendo ser utilizada em empresas de diversos setores. 

 

E aí? Gostou? Então, curta e compartilhe o post!!

Até a próxima!

#ColunistaOficial

 

 

Comunidade do Estágio
Caroline Ferreira
Caroline Ferreira Seguir

Olá! Me chamo Carol, sou estudante de Engenharia de Produção e extremamente curiosa (no bom sentido, claro!). Sempre com fone no ouvido, amo ler e aprender coisas novas. #ColunistaOficial

Ler conteúdo completo
Indicados para você