[ editar artigo]

Logística segue em alta no mercado de trabalho

Logística segue em alta no mercado de trabalho

Área registra crescimento, e profissional deve estar alinhado às necessidades do mercado e às atualizações do setor.

O setor logístico está em alta no mercado de trabalho. Evidência disso é o aumento de 37% em vagas abertas para profissionais da área de transporte, por exemplo, registrado em 2021, segundo o Banco Nacional de Empregos (BNE). Foram mais de 13 mil novas oportunidades, sendo quase 4 mil postos de trabalho a mais que em 2020. 

 

A logística consiste na organização e no planejamento de diversos processos de uma instituição. Conforme especialistas, por ser uma profissão do campo empresarial, ela usa a matemática como ferramenta de trabalho. A atividade está presente em diversas situações, como nos cálculos de cubagem de cargas, preço de frete, capacidade de veículo, consumo de combustível e levantamento de distâncias.  

 

O domínio das quatro operações básicas (adição, subtração, multiplicação e divisão), a análise e a interpretação de dados são algumas das habilidades necessárias para o trabalho. Podem ser requeridos ainda conhecimentos geométricos e trigonométricos como o cálculo de área e reta tangente

 

Atuação profissional 

Segundo publicação da Pontifícia Universidade Católica de Goiás (PUC/GO), a logística se aplica a todas as atividades que demandam planejamento e acompanham os recursos e processos de uma empresa desde a produção ao estoque e distribuição. 

 

O objetivo dessa área é, a partir da organização e da gestão do fluxo de informações, tornar os processos mais eficientes. Sendo assim, o papel do profissional de logística é analisar qual a melhor compra de matérias-primas, fazer o gerenciamento de estoque e de armazenamento e cuidar das etapas de transporte. 

 

Alguns dos exemplos de áreas de atuação para os profissionais são armazenagem, embalagem, processamentos de pedidos, processos, estoque, e gerência de suprimentos. 

 

Para garantir colocação no mercado de trabalho, o profissional deve estar alinhado às necessidades do mercado e às atualizações do setor que, para aprimorar e renovar os seus processos, aposta na aplicação de tecnologias como machine learning, big data, Inteligência Artificial (IA) e Internet das Coisas (IoT). 

 

Dessa forma, é preciso estar atento às habilidades necessárias para a atuação, como conhecimento em matemática financeira. Entender sobre taxa de juros, montante e capital permite ao profissional realizar operações no dia a dia, como renegociação de dívidas, empréstimos, aplicações financeiras e cálculo de desconto para um determinado produto. 

 

Já a Estatística é aplicada no momento de coletar, analisar e interpretar dados numéricos relacionados a um determinado objetivo. Na Logística, essa é uma habilidade fundamental para, com base em modelos matemáticos mais assertivos, mensurar e trabalhar com a previsão de estoques e entregas. 

 

Oportunidades em alta 

Em meio a uma realidade conturbada e de crise provocada pela pandemia, as transportadoras precisaram se adaptar rapidamente ao novo fluxo dos mercados nacional e internacional. Essa dinâmica provocou uma aceleração dos avanços em tecnologia e em serviços e do crescimento no setor de transporte de cargas e logística. 

 

Para continuar oferecendo um padrão de qualidade aos clientes, as empresas tiveram que investir em estratégias atualizadas, mesmo tendo interferência de fatores como o aumento do combustível e do frete, por exemplo. 

 

Nesse cenário, vale ressaltar o aumento de 38% registrado no transporte de carga no Brasil, em 2021, de acordo com o Índice de Movimentação de Cargas do Brasil, publicado pela AT&M. Segundo o relatório, em 2020 foram registrados R$ 2,1 trilhões em movimentações, já em 2021, o número saltou para R$ 3 trilhões. 

 

A partir do levantamento da AT&M, é possível perceber que a logística ganha espaço a cada ano, principalmente em decorrência da transformação digital, que já estava em curso e ganhou ainda mais velocidade com a pandemia. Os dados mostram que, de 2019 para 2020, houve um crescimento de 10% em movimentação de cargas, com um aumento de R$ 6,8 trilhões para R$ 7,5 trilhões. 

 

Logística 4.0 

Além do progresso mencionado, a logística cresce paralelamente desde 1900 quando as atividades eram focadas na economia agrária, indo do campo ao mercado. 

Desde então, a área passa por uma evolução, como a especialização no desempenho funcional (entre 1940 e 1960); a integração interna de processos (entre 1960 e 1970); e o foco no cliente, com busca por eficiência (entre 1970 e 1980). 

 

Atualmente, é vivenciada a era da logística 4.0, do supply chain – conceito que integra todas as etapas e processos de aquisição e fornecimento de produtos –, com foco em integração de processos e tecnologia e com o intuito de transformar a área em um diferencial de negócio. Essa nova fase procura ser mais veloz, eficiente e econômica.

Comunidade do Estágio
Vini Lordelo
Vini Lordelo Seguir

Sou empreendedor na área de Marketing Digital. Trabalho com vendas online com estratégias de SEO (Tráfego Orgânico) e Lançamentos de produtos digitais. Para saber mais, consulte meu Instagram: https://www.instagram.com/lordeloalvaro/

Ler conteúdo completo
Indicados para você