[ editar artigo]

Kobe Bryant: Disciplina e a importância de acreditar no processo

Kobe Bryant: Disciplina e a importância de acreditar no processo

Esses dias eu assisti o curta-metragem do Kobe, que inclusive ganhou Óscar, e me inspirou bastante a escrever sobre sua disciplina, e disciplina também é sempre um tema importante de ser lembrado, então vamos lá…

Kobe Bryant foi um jogador de basquete dos Estados Unidos, considerado um dos melhores jogadores da história do esporte e sua filosofia de vida ficou muito conhecida, sendo seguida por diversas pessoas de sucesso. Essa mentalidade é chamada de Mamba mentality.

I Cant Hear You Kobe Bryant GIF

Essa mentalidade Mamba, é uma referência à serpente Mamba negra, uma das serpentes mais venenosas do continente africano, conhecida por sua velocidade e letalidade.

E por isso apelidaram Kobe de black mamba, e essa filosofia foi surgindo durante sua carreira e, de uma forma resumida, é bem simples.

Como o próprio atleta fala:

 “A Mamba Mentality é focada no processo e confiada no trabalho árduo”

“Sem estudar, preparar e praticar, você está deixando o resultado para o destino. Eu não faço o destino.”

Essa filosofia consistia em dar o seu máximo na preparação, focar simplesmente no processo de melhorar a cada dia, e independente do resultado, continuar acreditando que a dedicação no processo trará benefícios.

A mentalidade fala sobre disciplina mesmo em momentos ruins. Em algumas entrevistas ele fala que após perder alguns jogos, ele começava a treinar 4 ou 5 horas antes de seus companheiros de equipe, para que não errasse novamente, e depois do treino coletivo ele ainda continuava se dedicando por pelo menos mais uma hora. É o esforço nos bastidores que garante o sucesso.

"Muitas pessoas dizem que querem ser ótimas, mas não estão dispostas a fazer os sacrifícios necessários para alcançar a grandeza. Uma das principais conclusões foi que você tem que trabalhar duro no escuro para brilhar na luz."

Ele se empenhava tanto no seu trabalho, que aprendia outros idiomas só para desestabilizar e ofender seus adversários de outros países em quadra. (isso é permitido e comum no basquete)

Mas ele também nos ensina sobre a forma como ele lidava com os resultados negativos, ele não tinha medo de perder ou fracassar, como ele mesmo fala:

"Se eu quisesse implementar algo novo no meu jogo, eu o veria e tentaria incorporá-lo imediatamente. Eu não tinha medo de perder ou ficar envergonhado por isso. Isso porque eu sempre guardei o resultado final, o jogo longo, em minha mente."

Ele entende que mesmo se dedicando ao máximo, perder era uma possibilidade, pois não podemos controlar os resultados, mas podíamos nos esforçar para ter um resultado melhor em outra ocasião.

E assim como na vida de todos, a disciplina e dedicação máxima no treino fazem uma enorme diferença no resultado.

Espero que tenham gostado, e caso queiram, clique no link abaixo para assistir o curta vencedor do Óscar feito pelo próprio Kobe Bryant.

Dear Basketball (2017) Legendado

 

Comunidade do Estágio
Matheus Fernandes
Matheus Fernandes Seguir

Colunista oficial da comunidade do estágio, graduando em design gráfico

Ler conteúdo completo
Indicados para você