[ editar artigo]

HARD SKILLS VS SOFT SKILLS: O que são? Onde vivem? O que fazem?

HARD SKILLS VS SOFT SKILLS: 
O que são? Onde vivem? O que fazem?

Em um mercado de trabalho cada vez mais exigente, às vezes nos vemos perdidos em meio a tanta informação, principalmente os universitários que estão no começo de carreira.

Então bora tentar clarear isso,

Hard Skills são definidos como habilidades que podem ser definidas e mensuradas, por exemplo, escrita, leitura e a habilidade de usar programas de software, como o temido Excel.

Ah, o Excel entrou numa fase que praticamente a empresa já tem como expectativa que você sabe mexer (fica a dica).

Inclusive as provas de Excel ao longo do Processo Seletivo estão entrando em extinção.

Exceto para vagas que você vai mergulhar no Excel diariamente. 

A expertise dos hard skills exige maior esforço do cérebro esquerdo, seu eu lógico, matemático. 

Já os Soft Skills são definidos de forma menos tangível, estão associados as nossas habilidades socioemocionais. Isso é, criatividade, comunicação, negociação, liderança, escuta ativa... Daí que você ouve tanto por aí sobre o QE, Inteligência Emocional. 

Essa expertise está associada com o cérebro direito, seu eu emocional, criativo.

E o que você acha que as empresas mais prezam hoje em dia?

É, não são mais os ferramentais em disparado.

Os Soft Skills não param de ganhar mais espaço na hora do recrutamento.

As empresas já estão deixando de cometer aquele velho erro de contratar pelo Hard Skill e demitir pelo Soft Skill. Perceberam ao longo do tempo que estavam fazendo besteira, porque quando se trata de um estagiário, eles têm que entender que Hard Skill se aprende dentro de casa. O foco tem que ser em trazer uma pessoa alinhada com o Fit Cultural da empresa. O "Match" de Valores são o caminho do sucesso para formar os novos líderes.

Blair Decembrele, referência internacional em expertise de Carreiras, Diretora no LinkedIn, afirmou que 59% dos profissionais de Recrutamento & Seleção afirmam estar à procura de candidatos que possuam os Soft Skills adequados à função que ocupariam na empresa.

Uma pesquisa com 260 empregadores da Associação Nacional de Faculdades e Empregadores sem fins lucrativos, que inclui empresas como a IBM e Chevron, classificam as habilidades de comunicação entre as três qualidades mais procuradas pelo recrutadores. Valorizam tanto a capacidade de se comunicar entre os colaboradores quanto a aptidão para transmitir o produto e a missão da empresa fora da organização.

O que você tem feito para mergulhar nesse novo mundo?

Comente aqui embaixo 👇

Comunidade do Estágio
Diego Cidade
Diego Cidade Seguir

Sou Realizador, Competitivo e Ativador. E você? Diego Cidade, CEO e Fundador da Academia do Universitário LinkedIn Top Voice Mais Novo do Mundo e Colunista da Exame sobre Carreira Me siga no instagram: https://www.instagram.com/diegocidade/

Ler conteúdo completo
Indicados para você