Atividades
  • Notificações
  • Tags
  • Favoritos
Nenhuma notificação

Gamificação em Organizações

Gamificação em Organizações
Fábio Batista Fernandes Júnior
jul. 1 - 2 min de leitura
3 Curtidas
2 Comentários
0

Somos movidos à recompensas. Pode parecer um pouco estranho explicitar a essência humana de uma maneira tão direta, mas fiquem tranquiles, pois não é uma coisa ruim (pelo menos ao meu ver).

Bem no iniciozinho da vida, caso consigamos pronunciar "mama" ou "papa", já recebemos bons sorrisos em troca. Conforme o tempo vai passando, começamos a perceber que existem outras recompensas, sendo brinquedos, elogios e, também, doces as mais comuns.  

Como toda boa criança quer receber um presente no natal, há todo um esforço para que se exista um bom comportamento ao longo do tempo (ou até mesmo na semana após os responsáveis lembrarem haha) objetivando o prêmio no final.

"Ok, Fábio. Mas o que isso tem a ver com a gamificação em organizações?"
                                          - Você pensou nisso.

Gamificação, que nada mais é do que mimetizar as atividades não relacionadas a jogos em um cenário mais lúdico, visando o aumento do engajamento e/ou da motivação. Por exemplo, se eu entregar três tarefas antes do prazo, receberei um bombom do meu chefe. Conseguem ver que a gente consegue aplicar esse sistema em todos os âmbitos de nossas vidas?

O exemplo que eu dei já entregou tudo! Basicamente a gamificação em empresas trabalha com o engajamento do time, visando aumentar o comprometimento, as entregas e também o reconhecimento do trabalho em um ambiente organizacional. Nunca é demais lembrar que o reconhecimento é tudo! Inclusive, até elogios são, de certa forma, um produto desse processo. Dessa forma, independentemente do lado que vocês estejam ocupando agora, gostaria que refletissem se gamificam ou não as pessoas que estão ao seu redor nas esferas profissionais e pessoais. Talvez a resposta para o maior engajamento do seu time esteja aí.

Em suma, vocês conseguem entender que desde o início da nossa existência fomos orientados a algum tipo de "presente" e que, até automaticamente, nosso engajamento, em qualquer ambiente, com alguma tarefa aumenta a partir disso? Se você não acredita ainda, experimente! Aconselho você a pegar tarefas rotineiras e colocar uma pequena gamificação para ver se a vida não vai ter mais gosto (sua recompensa pode ser uma bala haha).


Denunciar publicação
3 Curtidas
2 Comentários
0
0 respostas

Indicados para você