Atividades
  • Notificações
  • Tags
  • Favoritos
Nenhuma notificação

Eii, adulto... há quanto tempo você não brinca?

Eii, adulto... há quanto tempo você não brinca?
Jeanne Delava
jul. 1 - 4 min de leitura
1 Curtidas
0 Comentários
0

Leitoras e leitoras do meu coração...

Vocês se lembram de quando éramos pequenos e, quando a gente passava muito tempo na frente da TV (porque ninguém sonhava com smartphone há 10 ou 15 anos atrás), alguém gritava o seguinte:

"FULANO, sai da frente dessa televisão e vai brincar!!!!"

Pois então... parecia que nós, como crianças, tínhamos a obrigação de brincar, não é mesmo?

A gente passava horas subindo em árvores, cantando cantigas de roda, pulando amarelinha, jogando bola e por aí vai...

Isso porque, de fato, brincar é muito importante durante a infância.

É por meio das brincadeiras que a criança desenvolve a imaginação, aprende a socializar, começa a dar voz a seus pensamentos e mostra quem ela é para o mundo.

Mas, então, eu te pergunto...

Será que só as crianças precisam brincar??

When someone asks me a weird question - GIF on Imgur

E a resposta é: NÃO!

Brincar é importante em todas as fases da vida, desde a infância até a velhice.

Porém, diferente do que muita gente pensa e do que você deve ter imaginado ao ver a capa desse artigo (de propósito, hihi), a brincadeira do adulto é diferente da brincadeira da criança.

Para Fernanda Furia, mestre em psicologia e educação, o que nós conhecemos como brincar, quando criança, vai sendo transformado.

Com a presença dos compromissos, nós vamos dando outro significado para as brincadeiras, que vão adquirindo forma de criatividade e propósio.

Assim, na fase adulta, o brincar está mais relacionado com o bem estar e vai muito além de sentar e brincar com uma criança. 

Vamos descobrir do que ele se trata?

suspicious question gif | WiffleGif

Ainda para Fernanda (o link do vídeo onde ela fala sobre o assunto está logo abaixo), muito mais do que sentar e fazer brincadeiras, na fase adulta o brincar é um exercício. Segundo ela:

“É um exercício de maneiras de ser viver, que tem a ver com seus talentos (…) que te dá prazer.”

Ela também diz que o brincar adulto pode acontecer de várias formas. Ou seja, podemos exercitá-lo enquando praticamos esporte, dançamos, viajamos, fazemos artesanato e muito mais.

Em suma, são aqueles momentos que nos dão prazer, quando perdemos a noção do tempo e ficamos à vontade.

Assim, tem mais a ver com estar em calma e tranquilidade do que, realmente, sentar e brincar.

You Got It GIFs - Get the best GIF on GIPHY

Outra pessoa que fala sobre o brincar adulto é o Dr. Stuart Brown, fundador do National Institute for Play. Em um de seus livros, ele menciona que...

Quando paramos de brincar, paramos de nos desenvolver, e quando isso acontece, as leis do caos assumem o controle – as coisas desmoronam”.

Essa frase tem muito a ver com um conceito que é normalmente associado ao brincar adulto, o playfulness.

De forma simples, ele é um estado mental positivo que acompanha uma pessoa, permeando suas experiências, seu cotidiado e sua visão de vida.

Assim, em outras palavras, é uma postura interna, algo leve e tranquilo.

E, voltando à fala da Fernanda Furia, por meio das atividades que nos dão prazer, podemos ativar cada vez mais estado em nos mesmos.

E é daí que vem a importância de brincarmos quando nos tornamos adultos, mesmo que seja de forma diferente.

Pois, assim como a brincadeira leva a criança para um universo novo, que ela nunca imaginou, o ato de brincar quando adultos, da forma que vimos aqui, também nos leva para um universo novo.

Um universo de prazer, calma e serenidade.

interesting GIFs - Primo GIF - Latest Animated GIFs

E então, o que você achou do tema?

Você imaginava que a brincadeira fosse tão importante assim, mesmo para os adultos?

Incrível, não é mesmo?

E se você quiser ouvir mais sobre o que Fernanda Furia tem a dizer sobre o assunto, basta ver esse vídeo!

Obrigada pela leitura e.... nos vemos no próximo texto!! :)


Denunciar publicação
1 Curtidas
0 Comentários
0
0 respostas

Indicados para você