[ editar artigo]

DIGIGIRLZ

DIGIGIRLZ

Esse texto de hoje é com a co-autoria luxuosa da Sergipana Rebeca Nery, nós nos conhecemos por acaso, na competição do digigirlz, mas antes vamos descrever como fomos parar lá.

Eu assistindo a programação da Rede Bahia, vi a propaganda do Mosaico Baiano( programa de fala da diversidade baiana) e lá anunciaram que a Recode estava promovendo cursos gratuitos na área de tecnologia. 

Como sou curiosa, fui ver do que se tratava e gostei, tempos depois recebi no email  a proposta de me inscrever na competição digigirlz, e uns dias depois recebi a informação de que tinha sido aprovada e que deveria assinar o termo de participação.

Para validar a inscrição foi necessário fazer 2 cursos da Recode um sobre tecnologia exponencial e outro sobre inteligência artificial.

Já eu  Rebeca o processo foi o seguinte: A coordenadora da biblioteca municipal  onde atuo,  informou sobre o DigiGirlz, queria ver qual o nível de acesso que outras meninas tinham na tecnologia e também ter outras noções sociais com relação às ideias e os impactos delas com a tecnologia, já que cada menina descreveria sobre uma realidade próxima.

A digigirlz é resultado de uma parceria entre a Microsoft e a Recode

Como a competição era em equipe ficamos juntas sendo o grupo 14, um dia antes da competição conversamos bastante num aplicativo de mensagens sobre duas propostas e no dia da competição a seguinte proposta foi escolhida :

Duas coisas importam cada vez mais ao público feminino: tempo e beleza.

É só observar a mudança temporal do papel feminino na sociedade, antes era dedicada ao lar, e agora tem seus próprios negócios físicos ou digitais, ocupam altos cargos em grandes empresas, mas tenta encontrar tempo pra tudo .

Muitas atividades requer cada vez mais tempo e, certos serviços, que  ainda não estão avançando de forma a promover agilidade para seus usuários; 

E por estarem cada vez mais em destaque, as cobranças com relação a beleza são grandes.

Por isso, a criação da Luzia, que seria um aplicativo para computador e celular, que faria um scaner do rosto com a câmera, assim, teria integração com três serviços: cabelos, sobrancelha e maquiagem.

Afim de na primeira, conseguir o melhor corte de acordo com as especificações desejadas e de forma mais rápida, depois, utilizar a mesma técnica que os designers tem acesso, mas em um tempo menor e por fim, testar as maquiagens de lojas de comésticos online, respeitando sempre a preferência de cada mulher.

Com essa proposta,  visando a diversidade, conquistamos o 2º lugar e ficamos felizes, no início fomos também de olho na premiação, e durante a execução da atividade no microsoft teams tivemos o apoio de uma mentora no grupo que nos ajudava a pensar na melhor forma de descrevermos e convencermos os jurados com a nossa ideia.

A apresentação foi feita em formato de pitch, que  é uma apresentação sumária de 3 a 5 minutos com objetivo de despertar o interesse da outra parte (investidor ou cliente) pelo seu negócio, assim, deve conter apenas as informações essenciais e diferenciadas.

Todas as participantes do ideathon, maratona online de geração de ideias organizado para ser realizado totalmente de forma virtual devido a pandemia e reuniu participantes de várias parte do Brasil.

Todas as participantes do digigirlz receberam 30,00 de créditos no celular para utilizar a internet e um kit.

Para conhecer mais do trabalho da Recode é só acessar 

https://recode.org.br/o-que-fazemos-recode/

Para conhecer as ideias da Rebeca 

https://www.linkedin.com/in/rebecanery/

E se quiser investir em nossa ideia é só entrar em contato conosco !

A foto de capa é a segunda parte da nossa apresentação .

Comunidade do Estágio
KARLLA MIRANDA DA  COSTA
KARLLA MIRANDA DA COSTA Seguir

Administradora, Especialista em Inovação /Desenvolvimento Regional Sustentável

Ler conteúdo completo
Indicados para você