Atividades
  • Notificações
  • Tags
  • Favoritos
Nenhuma notificação

Consumidor ou Fornecedor, qual é o seu perfil nas Mídias sociais?

Consumidor ou Fornecedor, qual é o seu perfil nas Mídias sociais?
Thiago Costa Tinoco
jan. 20 - 7 min de leitura
3 Curtidas
2 Comentários
0

Seja quais forem as Mídias Sociais que você usa, só existem dois tipos de pessoas que estão dentro delas, você irá conhecer melhor sobre isso mais adiante, porém,  antes, é importante entender as diferenças existentes entre Rede e Mídia social.

Redes sociais X Mídias Sociais 

Eu pensava que os termos Redes e mídias sociais eram sinônimos, porém, ao estudar  melhor sobre o assunto, aprendi que não se tratam da mesma coisa.

A Rede social, é o local de encontro, ou de conexão entre pessoas, que compartilham interesses em comum. Ou seja, a intenção da Rede social, está no relacionamento.

Já  Mídia Social, abrange todas as mídias utilizadas para transmitir informação ou comunicação. Como vídeos, blogs, áudios, entre outros. Dessa maneira, a mídia social foca no compartilhamento de conteúdo.

Para entender melhor, podemos usar o Facebook como exemplo, pois, ao criar um perfil nessa plataforma, a intenção está em se conectar com pessoas e fazer amizades, logo, o Facebook é uma Rede social. Por outro lado, ele também é uma Mídia Social, uma vez que o usuário tem a possibilidade de criar uma Página com a finalidade de gerar conteúdo. Nesse caso, as pessoas podem seguir, para acompanhar as postagens, sem a necessidade de interação ou pedidos de amizade.

Dessa maneira, uma Rede social é também uma Mídia Social, pois só é possível construir uma rede se houver troca de informações entre usuários, porém, o contrário não é verdade, ou seja, uma Mídia não é necessariamente uma Rede Social, pois ela pode existir sem que haja conexão entre pessoas.

O Perfil Consumidor

Uma vez compreendida a diferença entre Redes e Mídias sociais, podemos entender os dois  tipos de perfis de pessoas nelas existentes. 

O primeiro, são os dos consumidores. Esse é o perfil da grande maioria dos usuários. Usam as mídias sociais somente (ou pelo menos na maioria das vezes),  para consumir conteúdos. Esses, são os responsáveis também por adquirirem cursos, mentorias, etc. E é devido a esse público, que existem tantos “anúncios patrocinados”, e conteúdo de valor entregue. E mesmo as mídias sociais não sendo necessariamente um lugar para vender, elas acabam acontecendo devido a existência dos Consumidores. 

 No Facebook eles tem perfil, mas não costumam ter página (apesar de seguirem muitas) e no Instagram alguns preferem usá-lo fechado. Não são de criar seus próprios conteúdos, no entanto, gostam e compartilham os de outros, aqueles que são interessantes e relevantes para eles.

Os consumidores não pensam em termos como “Branding”, ou “persona”, não estão alí para divulgarem eles mesmos ou seus negócios,ne mesmo para criar seu próprio empreendimento na Internet mas sim para conhecer, encontrar respostas e soluções, através de conteúdos promovidos por empresas ou usuários  que adotaram o segundo tipo de perfil que você vai conhecer agora.

 

O Perfil Fornecedor

Diferente do perfil Consumidor, esse tipo de usuário tem seu foco na criação de conteúdo.

As mídias sociais para ele, são oportunidade para ajudar pessoas, e até mesmo criar novos negócios ou promover sua marca e empresa.

O fornecedor sabe, que para isso, gerar conteúdo e atrair a pessoa certa é muito importante.

Por essa razão, esses usuários estudam para quem eles vão entregar o conteúdo. Daí a necessidade de entender quem é sua persona e criar uma maneira única de se comunicar com ela ( Branding). 

Os fornecedores são criadores de conteúdo, e geradores de valor. Com o tempo acabam  fazendo seu próprio produto Digital como, curso, mentoria, etc, e assim, conseguem ajudar muitas pessoas. Alguns tornam sua empresa ou serviço mais conhecidos e consequentemente, mais lucrativos. 

Fornecedores são promotores de conhecimento, são professores de matérias que muitas vezes não teremos nas universidades (e muitas vezes daquelas que já vimos, mas encontramos explicações melhores e conteúdos mais profundos sobre o assunto).

Eles são solucionadores, afinal, seus conteúdos visam sempre, resolver problemas e dores de alguém.

Eles gastam tempo consumindo conteúdo somente  para aprimorar os seus próprios. Usam as mídias sociais para estudar, por essa razão, não são de seguir muitas pessoas. Seu tempo e energia está em fornecer, criar, orientar e solucionar. Querem ser autoridade em determinado assunto, para dessa forma, ajudar o maior número de pessoas a resolverem tipos específicos de problema.

Encontrou seu lugar nas Mídias?

Ao entender as Mídias sociais, você percebe que sem o fornecedor ou o consumidor elas não existiriam não é mesmo? Afinal, se por um lado os conteúdos criados pelos fornecedores são essenciais para a existência das Mídias, os consumidores são muito importantes também, afinal,são eles que de certa forma “recompensam” o trabalho do Fornecedor, garantindo a “sobrevivência” das Mídias e a geração de conteúdo e promoção de conhecimento a todos.

Ainda assim, existe um problema, e eu escrevi isso tudo para chamar a sua atenção para algo. Muito embora a Internet esteja repleta de conhecimento, tutoriais, conteúdos, à 

disposição de qualquer pessoa. Ainda faltam soluções para o mundo. E essas, talvez sejam as que você está carregando, porém, por qualquer razão, não as compartilhou.

 Como dito anteriormente, a grande maioria das pessoas dentro das mídias, são consumidoras de conteúdo, elas estão à procura de respostas e soluções para seus problemas, mas, tenho certeza, que muitas (para não dizer todas) teriam pelo menos algo para fornecer. E é claro, isso inclui você.

 Pense um pouco sobre os problemas que já resolveu. Sabia que poderia ajudar outras pessoas a superarem essa situação, e elas (os consumidores) poderiam te recompensar financeiramente por compartilhar isso?

As dificuldades, problemas ou situações nas quais você enfrentou, superou e venceu, podem se tornar um antídoto e um empreendimento, elas não precisam ser apenas uma lembrança. Que tal ajudar pessoas enquanto ganha com isso?

O que  acha de usar as Mídias Sociais a partir de hoje para começar a entregar valor sobre  soluções que encontrou no passado, ao invés de somente consumir conteúdo para encontrar respostas para problemas do presente?

Seja a diferença, e comece a criar conteúdo de valor. Certamente, existe alguém que precisa do que você tem. 

Conte aí nos comentários qual tipo de perfil tem sido o seu dentro das Mídias Sociais até aqui, e qual conteúdo de valor você poderia começar a entregar (se é que já não o faz) a partir de hoje.

 


Denunciar publicação
3 Curtidas
2 Comentários
0
0 respostas

Indicados para você