[ editar artigo]

Como vencer o bloqueio criativo (ou tentar)

Como vencer o bloqueio criativo (ou tentar)

Hora de começar um projeto, seja um texto, um vídeo, uma arte.

Material pronto, garrafa de água do lado, sento na cadeira e…

 

Computer Virus GIF by YK Animation Studio

Nada sai...

Essa situação já aconteceu até com os melhores profissionais do mundo, quem somos nós, meros estagiários, para não sofrermos com o bloqueio criativo?

Na verdade isso é mais comum do que parece, e tem várias causas que podem bloquear totalmente o surgimento de ideias, ou apenas dificultar e deixar o processo mais lento. Fatores externos como o estresse, pressão por criar, um dia ruim ou cansativo, rejeições passadas, nervosismo com o tempo ou até por ser uma experiência nova e sem conhecimento prévio.

Vencer esse bloqueio não é algo impossível, mas também não tem uma solução que resolverá para sempre, o bloqueio estará sempre ali, e de repente pode voltar a ocorrer.

Tudo bem, é normal passar por isso

 

Trouxe aqui algumas dicas para ajudar nessa situação, ou pelo menos, tentar ajudar.

1 - Consuma MUITO conteúdo variado

As vezes não conseguimos começar um projeto por não sabermos uma maneira de externalizar essas ideias, então quanto mais conteúdo consumimos, mais bagagem intelectual e criativa temos, então haverá mais possibilidades de colocar as ideias para fora.
 

2 - Não se pressione tanto

Entenda que é normal ter bloqueios, você não é pior que os outros por isso, mas quando você sente que não consegue criar, parece que a pressão dobra e o nervosismo aumenta, RELAXA. Literalmente deixe de lado por um tempinho, busque por inspirações na internet, algum vídeo no YouTube que fale sobre o tema, da uma buscada no pinterest sobre coisas parecidas, ou textos que falem do seu tema, isso ajuda a dar ideias. Só não fica muito tempo nisso porque aí já é procrastinação e não queremos isso, e vá anotando as coisas que te chamam atenção durante esse processo.

 

3 - Idealize antes de realmente começar

Não adianta nada só começar a pensar no projeto na hora que senta e começa a trabalhar nele, por ter que fazer algo do zero, você perde muito tempo pensando em alguma ideia para aí sim iniciar. Sempre que tenho que fazer algum trabalho, começo ele mentalmente bem antes de transformar em algo concreto, e enquanto faço essa preparação mental, faço alguma atividade que não me exija tanto mentalmente.

 

4 - Conheça seu ambiente mais produtivo

Você prefere trabalhar de manhã ou a noite? prefere barulho ou silêncio total? Você tem que saber em qual ambiente sua criatividade flui melhor, e isso é muito curioso, cada um tem seu método individual onde seu cérebro trabalha melhor, se você ainda não achou o seu, comece a buscar novos ambientes e poderá encontrá seu local ideal de produção.

 

5 - Comece literalmente "de qualquer jeito".

Talvez o principal problema seja planejar muito e executar pouco, o acúmulo de ideias presas faz tão mal quanto não ter ideia nenhuma, pois uma ideia parece melhor que a outra e então surge a dúvida de por onde começar. Apenas comece, com qualquer palavra, com qualquer frase, com qualquer traço, com qualquer desenho, e vá desenvolvendo no caminho. As ideias ocupam espaço na mente, pode ser que para uma ideia boa apareça, seja necessário por para fora as ideias ruins, então literalmente começar fazendo, mesmo que de um jeito "mais ou menos", pode ir se transformando em algo ótimo no final.

Eu já passei muito por isso, passava dias tentando fazer algo e não saia nada, até começar a entender esses pontos, e eu ainda travo, mas essas dicas me ajudam muito a reduzir esse tempo de bloqueio e até a tê-los com menos frequência.

 

Espero que ajude a vocês também. Tamo junto!

 

 

Comunidade do Estágio
Matheus Fernandes
Matheus Fernandes Seguir

Colunista oficial da comunidade do estágio, graduando em design gráfico

Ler conteúdo completo
Indicados para você