[ editar artigo]

COMO DEVERIA SER UM PROCESSO SELETIVO

COMO DEVERIA SER UM PROCESSO SELETIVO

Independente do período de pandemia em que houve retração de contratação em vagas tradicionais e um boom em vagas na área de tecnologia, o percurso feito pelos candidatos interessados nem sempre é tão prazeroso .

No primeiro momento temos os famosos sites de vagas , divulgando oportunidades, umas muito boas e outras nem tanto, quando não se cobra do candidato a inscrição pra uma vaga que está disponível no linkedin.

Muitos testes situacionais são solicitados alguns muito bons e outros nada atrativos e longos demais .

Após toda essa etapa tem entrevista online através do webex, zoom, googlemeet , skype etc, alguns com dinâmica de grupo outros apenas com explanações.

Depois vem o feedback( nem todas as empresas dão ), dizem que o candidato nesse momento não está apto para o cargo mas não diz quais foram as falhas para que o candidato num outro momento não repita o erro.

Em muitas dessas seleções tem lives de formação e ambientes gamificados, além do fit cultural que está cada vez mais em alta.

E por fim ter o linkedin atualizado já é um grande passo para iniciar a maratona que são os processos seletivos .

Uma série de formações foram oferecidas nessa pandemia e escolher ou migrar para carreiras do futuro ficou um pouco mais fácil, mas aí vem o entrave da falta de experiência naquele ramo.

A minha esperança é que tenhamos processos seletivos com seleções e testes sim,mas se seja o mais próximo da realidade do mercado, sem muitas firulas e que o feedback seja negativo ou positivo aconteça de fato .

 

Para entender os diferentes tipos de testes, fizemos um copilado simples  

https://karllauna.wordpress.com/2020/08/19/tipo-de-testes-de-perfil/

 

 

Comunidade do Estágio
KARLLA MIRANDA DA  COSTA
KARLLA MIRANDA DA COSTA Seguir

Administradora, Especialista em Inovação /Desenvolvimento Regional Sustentável

Ler conteúdo completo
Indicados para você