Atividades
  • Notificações
  • Tags
  • Favoritos
Nenhuma notificação

Analisando: Bridgerton, vossa graça!

Analisando: Bridgerton, vossa graça!
Ana Carla Gouveia
jan. 15 - 3 min de leitura
3 Curtidas
2 Comentários
0

Olá leitores! Hoje quero falar sobre a série que ganhou o coração de milhares de expectadores na Netflix: Bridgerton! Na verdade, a resenha é mais sobre como não mudou muita coisa no mundo num intervalo de dois séculos. 

A série se passa na antiga Londres do século XIX, e conta a história da alta classe burguesa da sociedade. Bridgerton é o sobrenome da família central na trama, no qual mostra muito luxo, classe, bailes de cortejos para casamentos por temporadas, aonde as debutantes deveriam arrumar um pretendente para desposar. Com muito romance, comédia, drama e aventura, a série nos conquista pela história envolvente entre Daphne Bridgerton e Duque Simon. Essa vossa graça encanta pelas cenas e química entre os personagens. A série é baseada no livro de Julia Quinn, e se você ainda não assistiu, vale a pena gastar um tempo de qualidade vendo essa envolvente história.

Agora, vou listar uns spolires para fazer a analogia do século XIX para o século e ano 21:


  1. Numa monarquia governada por rainha, era de extrema importância que as mulheres fossem extremamente educadas, puras e honradas. A mulher não podia trabalhar, mas, podia garantir um futuro ao casar com um homem rico e de títulos.
  2. Os títulos dos homens eram de Príncipe, Duque, Visconde, Rei e por aí vai...
  3. A família tinha muito medo de ter mau fama, ainda mais com o jornal de fofocas da lady Whistledown rodando sempre na cidade.

E ai, achou que tem algo a ver com o que vivemos hoje? Se não, te mostro que tem:


  1. Numa democracia totalmente descentralizada, a mulher pode trabalhar, estudar, ser mãe e dona de casa, mas ainda assim, tem que mostrar muita educação, competência e boa fama para ser valorizada. E arrumar um casamento com alguém que some ainda é um pré-requisito para a família. Não esquecendo que ainda temos o querido reinado da rainha Elizabeth.
  2. Os títulos se atualizaram para Médicos, Engenheiros, Advogados, Empresários e por aí vai...
  3. As fofocas parecem ser um mal que não acabam nunca! Hoje em dia, alastra mais rápido por conta das redes sociais e devemos ter muito cuidado: podem te "cancelar" a qualquer momento. 

 

Essa é a analogia da semana, me conta aí, fez sentido para você? Já assistiu a série? Eu ameeeeeeeeeei! Como de costume, deixo minha reflexão que sempre encaixa com meus textos:

"Tudo tem seu tempo determinado, e há tempo para todas as coisas abaixo dos céus."

Eclesiastes 3:1

Beijos, boa semana! 


Denunciar publicação
3 Curtidas
2 Comentários
0
0 respostas

Indicados para você