[ editar artigo]

ACABEI de sair da minha primeira entrevista de estágio, saiba como foi

ACABEI de sair da minha primeira entrevista de estágio, saiba como foi

Você, jovem universitário que está com sua entrevista de estágio marcada ou está com aquele frio na barriga para quando a hora chegar, vem comigo que eu te conto a experiência!


Olha nóis aqui de novo. Desta vez para contar outra experiência pessoal, neste velho e querido banco.

 

Imagine que você tenha aplicado a sua candidatura para estágio em uma empresa. Esta empresa te contacta, aproximadamente, 28 dias após a sua aplicação. Vocês trocam alguns e-mails e marcam uma entrevista. Online, claro, afinal estamos de quarentena.

 

Sua única entrevista que participou foi em 2018 para o emprego que está atualmente. Digamos, então, que você está "enferrujado" em como esses processos funcionam.

 

Meus caros, vocês hão de concordar que esta experiência é muito empolgante. Há um leque de possibilidades que se abre. E como fica as suas emoções em relação a isto?
 

Vamos lá!!!!

Pois bem, acabei de sair deste cenário descrito acima. Literalmente acabei de sair, não há nem trinta minutos (lembrando que o horário de publicação do post não é o horário em que eu o redigi). Vou lhes dizer um pouco como foi a experiência nesta entrevista de estágio.

 

Sou uma pessoa ansiosa, porém, sempre usei a ansiedade ao meu favor para prevenir certas situações. Por isto, deixei tudo previamente pronto. A entrevista ocorreu pelo Hangout, ferramenta que eu já conheço. Foi um bocado corrido, pois foi assim que cheguei do meu trampo atual, mas totalmente dentro do que eu havia cronometrado.

 

Eu tenho uma analogia bem interessante sobre como funciona o meu início de diálogo: é como uma espécie de motor. É necessário um certo esforço para vencer a inércia, mas uma vez vencida, a coisa flui com muita naturalidade. Por isto, em minha experiência de hoje, a parte mais difícil foi pressionar o botão de conectar à chamada.

 

Houve nervosismo com toda a certeza, porém, creio que me saí bem comigo mesmo. Com isto, quero dizer que comuniquei as coisas que queria comunicar, e com efeito, o entrevistador também demonstrou o entendimento sobre minha fala. Considero isto bom, pois fui claro e conciso.

 

Perceba, leitor, que não estou dando um panorama geral sobre o processo, mas sim detalhes bem pontuais, pois eu quero que você entenda uma coisa que pude absorver desta entrevista de estágio

 

Uma entrevista de estágio não é um monstro de 7 cabeças

 

Não tenhais medo.

Você está aqui para dar sua cara à tapa. Quando você enfrenta uma determinada situação, você percebe que na realidade, o seu medo não advém da experiência concreta, mas da falta dela. Isto quer dizer que, o frio na barriga que você sente, não é proveniente da entrevista de estágio mas da forma abstrata que você imagina que esta entrevista de estágio possui.

 

Talvez eu esteja tomando uma exceção pela regra, visto que o entrevistador foi totalmente acolhedor e soube se comunicar com extrema clareza sobre os objetivos da empresa, as atividades e o que se espera do perfil profissional desejado.
Bom... não estou certo de que todos os processos seletivos para estágio são assim. Para ser sincero, creio que obtive sorte nisto.

 

Ademais, o entrevistador era um cara super bacana! Eu que não sou (tão) besta, corri para procurar as redes dele, para tomar ciência com quem eu estava conversando. Além dele ser jornalista (minha área!), já escreveu um romance e possui alguns documentários super interessantes.

 

Isto, misturado com a pesquisa prévia que eu havia feito sobre a empresa, me ajudaram muito a saber o terreno em que eu estava caminhando.

Se liguem nessa dica!
 

Colham o máximo de informações possíveis da empresa!

Desde o site dela até a pessoa com quem você trocou e-mails, pesquise tudo. Isto te ajudará a entender como é o modus operandi dela.

 

Não sei se serei convocado ao estágio, porém, estou muito confiante de que sim (rsrsrs)

 

Não tenham medo das entrevistas de estágio! São oportunidades de aprendizado, e você poderá aprender mais ainda caso entre na empresa. Estou muito empolgado para o resultado, e, se eu estiver dentro, podem apostar que compartilharei a experiência com vocês também. Se eu não estiver, sigamos em frente, pois andar para trás, nem se for para pegar impulso ;-)

#AUInfinitoealém


#ColunistaOficialAU

(agora com tagzinha na foto, viu que top?)

 

Comunidade do Estágio
Lucas Costa Souza
Lucas Costa Souza Seguir

"Aut inveniam viam aut faciam." ✍🏻 ColunistaOficialAU 🏆️ Top 1 autor do mês de Agosto 📜 Jornalista

Ler conteúdo completo
Indicados para você