[ editar artigo]

A onda: Como o comportamento de manada prejudica a sociedade atual

A onda: Como o comportamento de manada prejudica a sociedade atual

Falando de uma maneira rápida, o comportamento de manada é um termo usado para se referir quando um grupo de seres da mesma espécie agem da mesma forma, na maioria das vezes para se proteger de algo que eles acreditam perigoso, e esse conceito está presente em todas as espécies, até mesmo em nós, humanos.

Essas ações em espelho acontecem até em situações mais básicas da vida, como um grupo inteiro começar a bocejar por terem visto alguém realizar o primeiro bocejo

sam winchester yawn GIF

Outro ponto é que sempre somos influenciados quando muitas pessoas próximas começam a concordar num mesmo tema, por exemplo: você começa uma série e não gosta, mas todos seus amigos gostam muito, e por ouvir tanto eles falando da série, resolve dar outra chance e até muda um pouco sua visão sobre a mesma, achando um pouco melhor do que antes. Essa visão muda para que, mesmo involuntariamente, as pessoas se sintam parte daquele grupo, colocando a opinião coletiva acima da opinião pessoal

 

você se torna as influências que absorve

 

Também é comum vermos um grupo de pessoas que começa a agir igual ou ter os mesmo gostos depois de passarem tanto tempo juntos.

 

É muito bom ter afinidade com algumas pessoas, isso fortalece laços, você fica mais feliz, e até pode aprender muitas coisas boas estando num grupo próspero, mas isso também pode ser extremamente negativo dependendo das ações do grupo, onde os integrantes começam a agir de maneira impulsiva sem analisar se as ações são boas ou ruins.

 

Podemos observar isso no filme A onda, que retrata uma turma de um colégio onde eles tem um trabalho de estudar os diferentes tipos de governos que já existiram e existem no mundo, e um grupo fica com a representação da autocracia, o grupo desses estudantes fica tão homogêneo que começa a agir de forma similar ao nazismo, sem o questionamento dos atos individuais. E isso se mostra altamente prejudicial, pois, até as pessoas que eram do bem, começam a ter atitudes perversas por buscarem como primeiro instinto a proteção do grupo, e posteriormente, por estarem induzidas a agir como a maioria, sem a autocrítica.

 

Já observamos muitos comportamentos assim, principalmente em alguns regimes governamentais, e nos dias atuais isso se mostrou novamente uma tendência nos comportamentos da sociedade, inclusive no Brasil.

 

E até mesmo nós estamos sujeitos a agir de acordo com o comportamento de manada, involuntariamente, onde o principal dever de nós, jovens que buscam a transformação, é observar quando isso está se tornando um padrão nos grupos onde vivemos, e se os hábitos desses grupos são benéficos como um todo ou algo que pode se tornar prejudicial à sociedade. 

O que você acha?

Comunidade do Estágio
Matheus Fernandes
Matheus Fernandes Seguir

Colunista oficial da comunidade do estágio, graduando em design gráfico

Ler conteúdo completo
Indicados para você