[ editar artigo]

A Morte dos conteúdos Aleatórios

A Morte dos conteúdos Aleatórios

Gostar de muita coisa e amar escrever é um problema sério, porque vai querer escrever sobre tudo.

Porém, a verdade que uma vez ouvi de uma amigo foi: “quem quer ser bom em tudo, não se torna expert em nada”. Fez todo sentido pra mim não somente quando ouvi, mas também nesses últimos dias.

Não se pode ser um profissional pato”,  e querer ser bem sucedido já parou pra reparar esse animal?

Apesar de conseguir voar, caminhar e nadar,  o pato voa, caminha e nada mal. Enquanto outras aves que fazem apenas algumas dessas coisas, por se dedicarem nessa atividade constantemente, conseguem fazer isso com maestria.

 Os  conteúdos do Diego Cidade e da Academia do Universitário, durante o Mês de Abril, falando sobre a importância de Branding pessoal, me provocaram a buscar entender mais sobre o assunto e ver que eu precisava de fato me posicionar de uma maneira diferente por aqui e nas redes sociais. 

Comecei a mudança na semana passada escrevendo sobre dicas de conteúdo no Linkedin e sabe o que aconteceu? Uma pessoa me chamou no direct pedindo ajuda e dicas para um conteúdo que ela ia criar. E isso pra mim foi uma confirmação que esse tipo de conteúdo de fato pode ajudar pessoas.

Como se posicionar?

 Falei um pouco sobre minha experiência e início de mudança, mas agora, quero te ajudar a matar o conteúdo aleatório e começar a se posicionar de uma maneira diferente. 

 Deixa eu te perguntar, sobre que assunto você sabe  e que poderia gerar  conteúdo de valor para alguém? Não estou aqui dizendo sobre você ser um “sabe tudo” no assunto.

 Todos estamos constantemente aprendendo, mas o que você talvez julgue como pouco conhecimento já pode ajudar alguém.

Como escutei semanas atrás: “Quem para de aprender está morto!”

Você pode ensinar enquanto aprende e aprender enquanto ensina sabia?  

Outra pergunta, você gosta desse assunto que sabe? Isso é importante pois, como você estará estudando constantemente sobre isso, para criar conteúdo e entregar às pessoas, será muito mais fácil se tiver paixão por isso.

Concluindo

Você offline, pode ser uma pessoa comum, mas estando Online, você precisa começar a pensar que “virou uma marca”, seja na rede social, blog, ou qualquer outra ferramenta de exibição do seu perfil na Internet, como quer ser notado? Como vai se comunicar? Você talvez precise matar a aleatoriedade na sua vida também, mas não se preocupe.

Como esse tipo de conteúdo morreu por aqui e na maneira como me posiciono, eu vou te ajudar (apenas continue me acompanhando, é 0800).

Mas e se a maneira como me posicionar estiver errada? Não tem problema, saiba que tudo na Internet, (especialmente se tratando de Marketing) é teste, não tenha medo disso. Mas apenas comece a pensar sobre o assunto, e nos vemos na próxima postagem, fora da aleatoriedade.


 

Comunidade do Estágio
Thiago Costa Tinoco
Thiago Costa Tinoco Seguir

Músico, cantor, compositor, escritor, casado, cristão, estudante de publicidade e propaganda pela UNIASSELVI, content e copywritter na V4 company

Ler conteúdo completo
Indicados para você