[ editar artigo]

A importância do micro e macro ambiente empresarial

A importância do micro e macro ambiente empresarial

   Uma organização empresarial de grande porte pode influenciar não só o governo mas também todo o macro ambiente em volta, um dos itens mais importantes é a comunidade na qual a empresa está inserida,

A influência sobre essa comunidade pode resultarem benefícios a empresa.

Exemplo: como quando houver licitações em que o  governo obriga a empresa a se adequar a determinada regra ou norma de forma injusta diante da visão da comunidade ou tentar tomar posse de suas terras (exclusiva para agricultores).

A comunidade em volta pode se solidarizar com a empresa e sair em sua defesa, ações sociais são bastante importantes nesse âmbito de fazer a comunidade ao redor se simpatizar com a empresa criando um vinculo empresa e sociedade saudável e benéfico para ambas.

A desconfiança do publico com as empresas aumentou significativamente entre os anos de 1980 a 2010 por elas estarem mais interessadas no lucro do que  no bem estar da sociedade e saúde dos consumidores.

Sabemos que de 100 potencias mundiais, 22 são grandes empresas e não governos.

Estas grandes empresas são situadas em países de baixo desenvolvimento cultural e socioeconômico  o que acaba por fazer com que as empresas supram o papel que deveria ser de responsabilidade do governo.

Nos países desenvolvidos, existe uma desconfiança em geral da população com essas empresas. Em geral, uma parcela da culpa é da mídia que, com conteúdos antiempresariais, passa para o telespectador a ideia de que o executivo é sempre ganancioso e egoísta, seja com filmes ou com series de tv somando-se a isso, têm-se os escândalos das próprias empresas todos esses fatos fazem com que o consumidor crie uma visão negativa pela empresa seja consciente ou inconscientemente.

O fato principal aqui é que a empresa deve se situar no mercado no qual está se instalando seja nacional ou internacionalmente.

Já no micro ambiente, os gerentes são muitos importantes para a organização em si, tanto como coordenadores das ações dos níveis hierárquicos mais baixos quanto na organização geral.

E, conforme a empresa cresce e se expande, é necessário um olhar mais cuidadoso com os gerentes para se ter a certeza de que eles estão se situando e atualizando no mercado de forma que estejam sempre em constante evolução, Os gerentes precisam reconhecer que a comunicação empresarial deve andar junto à visão e à missão da empresa muitas vezes há uma relutância em contratar profissionais qualificados e de alto nível com medo de perde-se efetivamente cargo de trabalho , impossibilitando assim o crescimento da empresa.

Além disso os gerentes precisam reconhecer que o ambiente de negócios esta em constante evolução e que o treinamento curto que geralmente as empresas dão, não é suficiente. Raras vezes esse treinamento lhes oferece uma visão geral sobre o que está acontecendo no mercado de trabalho, a longo prazo isso pode ter resultados prejudiciais á empresa.

O fator motivacional é outro aspecto muito importante quando se pensa em motivação empresarial para alcançar os objetivos pessoais e os da empresa. A neutralidade como fator motivacional não é ruim, porém diminui o alcance de objetivos da empresa.

Quando se há um índice de satisfação emocional, colaboradores costumam alcançar as metas com mais facilidade, ajudando a empresa a crescer e a se expandir. O bom relacionamento com os colegas de trabalho num ambiente estável e confortável propicia um bom fator emocional entre os colaboradores. A vida pessoal do colaborador, que é um fator externo, influencia no ambiente de trabalho, mas infelizmente são variáveis difíceis de serem controladas...

Bibliografia:

Chiavenato - Recusos Humanos - edição 7, Comunicação empresarial - edição 3.

Comunidade do Estágio
Ler conteúdo completo
Indicados para você