Atividades
  • Notificações
  • Tags
  • Favoritos
Nenhuma notificação

A importância da oratória

A importância da oratória
Gabriel Santos
jul. 27 - 2 min de leitura
3 Curtidas
0 Comentários
0

Já viu uma pessoa que fala muito bem em público e ficou imaginando como seria bacana se você falasse daquela forma? Então, quando encontramos pessoas assim costumamos falar que elas possuem uma boa oratória. Mas, afinal, o que é oratória? 

De acordo com as pesquisas feitas, oratória significa a arte de falar bem. Esse conceito surgiu há anos, com Aristóteles. Antigamente, essa ciência era dominada por poucos, pois só os indivíduos privilegiados desfrutavam de lugares de maior destaque. 

Atualmente, possuir uma boa oratória é relevante, pois indivíduos que buscam aperfeiçoamento constante nessa área tendem a se destacar mais. Ademais, uma boa oratória faz com que o ouvinte seja conduzido pelos discursos proferidos (chamamos esse efeito de persuasão).

A boa notícia é que todos podemos desenvolver uma boa oratória. Existem cursos gratuitos, vídeos e podcasts que visam ensinar acerca da oratória. Mas afinal, como eu posso desenvolver essa habilidade? 

  1. Planeje o que vai ser dito
    Muitos oradores têm o hábito de planejar tudo o que vai ser dito em uma ocasião, o planejamento fará com que você trace de forma clara os objetivos que visa alcançar por meio do discurso.
     
  2. Pense no seu público-alvo
    Você deve sempre se colocar no lugar do outro, portanto se coloque no lugar do seu seu público. Qual nível de linguagem eu devo usar (formal/informal)? Como eu devo me comportar? 
     
  3. Estabeleça um contato visual
    Essa prática fará com que você transmita confiança. Além disso, tenha uma boa postura e uma boa entonação de voz.
     
  4. Não fale aceleradamente nem muito devagar
    Tenha uma linguagem clara e fale de maneira natural. Ao falar rapidamente, você pode transmitir nervosismo, e ao falar devagar demais, o seu discurso pode se tornar entediante.

Ao final de todo e qualquer ato enunciativo, sintetize os tópicos principais abordados, isso será benéfico para você e para o seu público, pois muitas informações foram ditas. 

Além disso, foque bastante na persuasão, conduza o ouvinte com seu discurso. Martin Luther King, por exemplo, proferia incontáveis discursos reflexivos, podemos classificá-lo como um excelente orador (além da sua importância na luta contra o racismo, batalhando sempre pela igualdade).

Para dicas como essa, faça parte dos Jovens Titãs! Eles recebem conteúdos exclusivos! Clique aqui para saber mais!


Denunciar publicação
3 Curtidas
0 Comentários
0
0 respostas

Indicados para você