Atividades
  • Notificações
  • Tags
  • Favoritos
Nenhuma notificação

A falsa responsabilidade social

A falsa responsabilidade social
Gabriella Pottes
abr. 16 - 3 min de leitura
0 Curtidas
0 Comentários
0

Desde o ano passado venho pensando nesses novos processos seletivos ou grupos sociais fundados dentro das organizações, os processos seletivos voltados para os negros ou LGBTs, até mesmos os grupos negros em algumas organizações. Ano passado resolvi participar de alguns processos seletivos para negros, pra ver como funcionavam, cheguei a conclusão que é só um marketing social que irá impactar uma parcela muito mínima da sociedade e dificilmente chegará a quem de fato precisa. Agora vou explicar o porquê dessa minha conclusão.

 Os negros de periferias ou de cidades e regiões extremamente pobres e carentes não tem acesso a se quer internet e obvio que pelo baixo ou quase nulo acesso a uma educação digna, não conseguirá se quer responder as questões de raciocínio lógico que as empresas impõe assim que o candidato se inscreve para uma vaga. Poucos tem acesso a universidades e a maioria, nem tem quaisquer expectativa de vida fora daquele bolha na qual ele esta inserido. O tempo e $$$ que as empresas teriam que investir seriam altos, mas tenho a plena certeza que mudaria a vida de MUITAS, MUUUUITAS pessoas. Não estou falando em dar uma vaga estratégica a alguém que não tenha os conhecimentos necessários, estou falando em captar e reter pedras preciosas que só precisam ser lapidadas. Quando o candidato a ser atingido não consegue ir até o processo seletivo, o processo seletivo deve ir até ele. Responsabilidade social esta muito além de simplesmente encher seu quadro de funcionários negros para simplesmente fazer um post no linkedIn mostrando "olha como a minha empresa tem diversidade", é transformar a vida de alguém que até então não tinha perspectiva nenhuma e apresentar um novo horizonte cheio de possibilidades através do investimento em estudos e dedicação no fazer da função. 

 Um certo banco tem um projeto muito interessante que reúne negros que estão a frente de equipes, isso é legal, bacana, mas mais uma vez, o público que precisa ver essa possibilidade não tem esse acesso, mais uma vez as bolhas sociais continuam separadas e impacto social é bem menor, seria melhor se levassem esses profissionais para as escolas, centros sociais, associações de moradores... para apresentar uma outra realidade a quem de fato precisa. 

 Não caiam nos contos de fadas que algumas empresas apresentam, vamos averiguar se estão fazendo apenas para gerar engajamento e marketing social ou se de fato estão procurando uma melhoria na nossa sociedade. E por ultimo e mais importante, antes de qualquer coisa, se forme para transformar a vida de outras pessoas, isso é mais valioso que qualquer outra recompensa monetária.


Denunciar publicação
0 Curtidas
0 Comentários
0
0 respostas

Indicados para você