[ editar artigo]

As 5 características mais valorizadas no mercado de trabalho

As 5 características mais valorizadas no mercado de trabalho

Toda vez que pensamos em aplicar para uma vaga, seja ela para primeiro emprego ou mais um trabalho para quem já está há anos no mercado, pairam dúvidas na cabeça do candidato como: O que as empresas querem? Tenho o que é preciso para me considerar atualizado? Como demonstrar que possuo essas características para me destacar? 

É claro que essas preocupações precisam existir, afinal, um profissional descapacitado é um indivíduo obsoleto. Alinhado a esse pensamento, é necessária essa vontade de sempre buscar o que os recrutadores querem observar em possíveis novos colaboradores. Dito isso, resolvi trazer 5 dos queridinhos dentre o Recrutamento e Seleção.

Meme Marketing GIF by Operand

1. Comunicação

Tradicionalmente o brasileiro tem o costume de se comunicar muito, mas esse muito não quer dizer qualidade. Cada vez mais percebe-se uma tendência no mercado de trabalho, a desenvoltura, quando se fala em desenvoltura é sobre os diferentes níveis que uma pessoa pode alcançar no sentido de apresentar uma ideia ou proposta. Existem diferentes tipos de comunicação e meios de melhorá-la, seja para uma apresentação importante ou contato do dia a dia. Estude temas relacionados e procure sempre dominar o assunto pois, para qualquer atividade esse conhecimento trará segurança a sua comunicação, que será cada vez mais clara.

 

2. Comprometimento

Um possível futuro colaborador engajado enche os olhos do selecionador, trazendo uma perspectiva de que dentre as apostas, mais vale alguém que mesmo não dominando totalmente o assunto se propõe a fazer e fazer bem, do que alguém que domina mas claramente não demonstra tanto afinco com a oportunidade. Dentro da empresa isso impacta diretamente em seus resultados positiva e negativamente, portanto, esteja preparado para colher os frutos de um bom trabalho, mas também encarar as consequências de um projeto não tão bem executado.

 

3. Resiliência

Palavra da moda nas empresas, Resiliência trata de diferentes desafios, mas aqui vamos falar sobre os desafios tanto para quem está a procura de um projeto novo, quanto para quem já está na função são muitos, mas na hora da seleção o candidato precisa apresentar desafios e resoluções dos mesmos que o fazem acreditar ser resiliente, não basta apenas dizer “lido bem com o inesperado”, lembrar que por exemplo, ter planejado algo de errado que poderia ter acontecido e não ocorreu justamente por um bom planejamento também faz parte de resiliência. 

 

4. Trabalho em Equipe

Sabe aquela postura na escola e na faculdade: posso fazer sozinho, professor? Isso não existe no mercado de trabalho. Um bom colaborador sabe que pode contar com sua equipe e que ele não é melhor que ninguém, apenas possui habilidades diferentes de outras pessoas que podem ser ainda mais exploradas em grupo, além de aprender novas habilidades com sua equipe. É de extrema importância que isso fique claro durante a entrevista pois, passar a imagem de individual e inflexível pode te fechar portas. Dentro da empresa isso pode fazer com que você não desenvolva um plano de carreira, pegar uma posição de liderança, afinal, quem daria um cargo de liderança para alguém que não trabalhar em equipe?

 

5. Senso de Dono

Uma coisa muito comum hoje em dia é essa ideia de “seja o dono da empresa, haja como tal, demonstre interesse em desenvolvê-la e se desenvolver dentro dela”. Esse Intraempreendedorismo busca alguém que abrace os projetos com responsabilidade e a motivação de um empreendedor. É um ideia fascinante, em algumas empresas funciona quase como uma lavagem cerebral e é necessário que o colaborador ou futuro colaborador trace objetivos e metas saudáveis para executá-la. Estude o propósito da empresa e se o mesmo se alinha com o seu, será mais natural a adaptação.

Conhece mais alguma habilidade importante em alta? Contra pra nós!!!

Comunidade do Estágio
Murilo Machado
Murilo Machado Seguir

Colunista da AU, niteroiense, graduando em Relações Internacionais pela UFF, flamenguista e apaixonado por uma boa conversa, seja ela sobre política, futebol ou até culinária!

Ler conteúdo completo
Indicados para você