[ editar artigo]

Métodos quantitativos de avaliação de cargos e os pontos necessários para se fazer uma Pesquisa Salarial .

Métodos quantitativos de avaliação de cargos e os pontos necessários para se fazer uma Pesquisa Salarial .

 

Utilizando como base o texto: Cargos, salários e remuneração de Jose de Oliveira Franco (2011), iremos refletir neste escrito sobre métodos quantitativos de avaliação de cargos e pontos necessários para fazer uma pesquisa salarial.

Em primeiro lugar o texto de Jose de Oliveira Franco, explica a diferença entre o método quantitativo e o método não quantitativo. O método quantitativo é o mais utilizado em empresas para montar estrutura de cargos e salários porque é o método mais objetivo pois tenta transformar em modelo matemático a avaliação de cargos, e está relacionado a estatística que por sua vez se interliga com conhecimento, instrução e experiência, nesse método o manual de cargos se cria através de analises minuciosas e no método não quantitativo apena só se baseia num manual de cargos com baixo nível de analises.

No método quantitativo temos o sistema de ponto que é indicado para empresas com número alto de cargos.

O sistema de pontos se avalia por meio de padrões ou fatores comuns a todos os cargos como num processo de comparação de fatores, nesse caso os cargos recebem pontos na proporção em que neles existam fatores escolhidos pela comissão. Somam-se os resultados das várias medidas, em pontos, chegando-se a um valor quantitativo para cada cargo, que será convertido em cruzeiros.

…Esse valor quantitativo é seu principal atrativo, pois os que dele se utilizam acham-no então mais fácil de ser aplicado e justificado pela existência de dados substanciais, tangíveis, aparentemente mais objetivos. Entretanto, exige avaliadores bem treinados, é demorado e não é fácil eleger e definir fatores. Mas sua principal deficiência é que os fatores só se aplicam a grupos de cargos relacionados e, de certa forma, comparáveis; em caso contrário, nem fatores nem graus teriam significação...(http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0034-75901970000300001)

Os pontos necessários para fazer uma pesquisa salarial na organização, envolvem várias etapas e a estatística esta intrínseca nessas etapas. A pesquisa salarial deve ser feita com muito cuidado pois qualquer equívoco pode comprometer o trabalho desenvolvido para a estruturação de cargos e salários numa organização.

Os fatores de avaliação devem ser escolhidos de maneira que melhor se encaixem com os parâmetros da empresa, por isso o ideal seria apresentar variados fatores (geralmente as empresas apresentam sete fatores) para análise e avaliação de cargos, pois alguns desses pontos podem ser eliminados.

O texto de José de Oliveira Franco(2001) descreve a complexidade de elaborar a pesquisa salarial de empresas e coloca a ferramenta tecnológica como crucial para confecção desse tema, os pontos mais importantes são dados suficientes para o início da tabulação, e duas questões importantes para a estatística: a população e a amostra.

A população em estatística diz respeito ao conjunto de todos os elementos que possuem características necessárias para a análise. A amostra é uma parte dessa população, e se divide em 3 partes:  amostra simples (é feita como sorteio), amostra estratificada (as informações da população são feitas em extratos e daí se extrai a amostra pretendida), amostra de conveniência (feita a partir das definições do analista).

Existem dois tipos de pesquisa salarial :pesquisas feitas por nomenclatura de cargos e avaliação de cargos.

Precisamos fazer a coleta de dados para a pesquisa salarial (podemos utilizar questionários), após a organização dos dados se inicia a análise desses dados.

Comunidade do Estágio
Juliana Dantas Côrtes
Juliana Dantas Côrtes Seguir

Meu nome é Juliana Cortes , sou estudante de Antropologia , amo ciências humanas ... sou uma eterna estudante ,pois conhecimento não tem fim.

Ler conteúdo completo
Indicados para você